Repositório Digital

A- A A+

Células-tronco mesenquimais e plasma rico em plaquetas como adjuvantes da cicatrização de lesões cutâneas experimentais em coelhos Nova Zelândia

.

Células-tronco mesenquimais e plasma rico em plaquetas como adjuvantes da cicatrização de lesões cutâneas experimentais em coelhos Nova Zelândia

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Células-tronco mesenquimais e plasma rico em plaquetas como adjuvantes da cicatrização de lesões cutâneas experimentais em coelhos Nova Zelândia
Autor Garcez, Tuane Nerissa Alves
Orientador Contesini, Emerson Antonio
Co-orientador Cirne Lima, Elizabeth Obino
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Cicatrização
Coelho Nova Zelândia
Lesões cutâneas
Plaquetas
Regeneração : Tecidos : Moles
Terapia celular
[en] Cell therapy
[en] Growing factors
[en] Platelets
[en] Regenerative therapy
[en] Skin
Resumo Muito se tem investido em pesquisa na compreensão dos processos e fenômenos envolvidos nas diversas fases da reparação tissular e, principalmente, no desenvolvimento de recursos e tecnologias com o objetivo de favorecer os avanços no tratamento de feridas. Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar os efeitos biológicos da associação células-tronco mesenquimais (CTMs) e plasma rico em plaquetas (PRP) como adjuvantes da cicatrização cutânea de feridas padronizadas em coelhos. Foram utilizados 37 coelhos Nova Zelândia, dentre os quais, 36 foram distribuídos em seis grupos: grupo controle (GC), grupo células-tronco mesenquimais (GCTM), grupo plasma rico em plaquetas na forma líquida (GPRPLIQ), grupo plasma rico em plaquetas na forma de gel (GPRPGEL), grupo associação células-tronco mesenquimais e plasma rico em plaquetas na forma liquida (GCTM+PRPLIQ), grupo associação células-tronco mesenquimais e plasma rico em plaquetas na forma de gel (GCTM+PRPGEL). Após indução de lesões cutâneas agudas e padronizadas, os animais receberam o tratamento de acordo com o grupo que compunham. Macroscopicamente, a cada dois dias, foram analisadas as medidas das lesões e calculadas a área e a taxa de cicatrização das mesmas. Amostras para análise microscópica foram coletadas em sete e 14 dias e avaliadas quanto à presença de células inflamatórias, angiogênese, formação de fibrose colagênica, proliferação epitelial e fibroblástica. Com base nos resultados obtidos foi possível concluir que: 1) a associação CTM e PRP em suas frações terapêuticas (CTM+PRPGEL e CTM+PRPLIQ) não acelerou o processo de cicatrização de feridas cutâneas agudas, na avaliação morfométrica aos 14 dias de pós-operatório; 2) a aplicação local da CTM e das frações de PRP quando utilizadas de maneira isolada não conseguiram acelerar o tempo necessário ao processo cicatricial na avaliação morfométrica aos 14 dias de pósoperatório; 3) a utilização do PRP na sua forma líquida obteve índices de epitelização menores em relação ao controle em avaliações histopatológicas aos 14 dias de pósoperatório; 4) à exceção do ocorrido com o grupo PRP líquido, os demais tratamentos não alteraram significativamente as fases inflamatória, proliferativa e inicial do remodelamento, segundo dados histopatológicos; 5) a terapia com as células-tronco mesenquimais promoveu cicatrizes esteticamente melhores na avaliação clínica, especialmente aos 14 dias de observação. Sugere-se a necessidade de novos estudos e a utilização de outras ferramentas diagnósticas para melhores subsídios de interpretação sobre os resultados encontrados.
Abstract Much has been invested on research regarding comprehension of the processes and phenomena that are involved in several stages of tissue repairing and mainly on resources and technologies development in order to support advances on wound healing. This study has been performed in order to evaluate the biological effects of mesenchymal stem cells (CTM) and platelet rich plasma (PRP) association as adjuvants on skin healing of standardized wounds in rabbits. Thirty-seven New Zealand rabbits have been used and, among these animals, 36 were allocated into six groups: control group (GC), mesenchymal stem cells group (GCTM), liquid platelet rich plasma group (GPRPLIQ), gel platelet rich plasma group (GPRPGEL), mesenchymal stem cells associated with liquid platelet rich plasma group (GCTM+PRPLIQ) and mesenchymal stem cells associated with gel platelet rich plasma group (GCTM+PRPGEL). After the induction of acute and standardized skin wounds, animals received the treatment according to the group they belonged to. Macroscopically, every two days, wounds measures were taken to calculate their area and healing rate. Samples for microscopically analysis were collected on day 7 and on day 14 and were evaluated for the presence of inflammatory cells, angiogenesis, collagen fibrosis formation, epithelial and fibroblastical proliferation. Basing on the results it was concluded that: 1) CTM and PRP in its two therapeutic fractions association (GCTM+PRPLIQ and GCTM+PRPGEL) did not accelerate the healing process of acute skin wounds, on morphometric assessment at 14 days after surgery; 2) local injection of CTM and PRP fractions when isolated did not accelerate the time required for wound healing on morphometric assessment at 14 days after surgery; 3) PRP application on its liquid fraction showed lower levels of epithelization related to control on histopathological evaluation at 14 days after surgery; 4) except GPRPLIQ, other treatments did not alter significantly inflammatory, proliferative nor initial remodeling phases, based on histopathological data; 5) CTM therapy promoted aesthetically better scars on clinical evaluation, especially at 14 days of observation. It is suggested the requirement of further studies and use of different diagnostic tools to obtain better interpretation of the achieved results.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/60993
Arquivos Descrição Formato
000863977.pdf (4.276Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.