Repositório Digital

A- A A+

Estudo da hidrólise da proteína de soja utilizando proteases de Chryseobacterium sp. para o uso como antioxidante em alimentos

.

Estudo da hidrólise da proteína de soja utilizando proteases de Chryseobacterium sp. para o uso como antioxidante em alimentos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo da hidrólise da proteína de soja utilizando proteases de Chryseobacterium sp. para o uso como antioxidante em alimentos
Outro título Study of hydrolysis of soy protein using a protease produced by Chryseobacterium sp
Autor Oliveira, Cibele Freitas de
Orientador Brandelli, Adriano
Co-orientador Olivera, Florencia Cladera
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências e Tecnologia de Alimentos. Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos.
Assunto Hidrólise
Proteina de soja
[en] Antioxidant activity
[en] Hydrolysis
[en] Optimization
[en] Protein
[en] Soy
Resumo A demanda por antioxidantes naturais vem aumentando devido à toxicidade de alguns antioxidantes sintéticos. Estudos vêm identificando antioxidantes de origem natural, como a proteína da soja, que é capaz de contribuir na melhoria de propriedades funcionais e biológicas de alimentos. A hidrólise enzimática da proteína de soja aumenta sua atividade antioxidante, assim como a capacidade emulsificante e a capacidade de formação de espuma. O objetivo deste trabalho foi o estudo da hidrólise da proteína de soja através de uma protease produzida por Chryseobacterium sp., a verificação da capacidade antioxidante e aplicação do hidrolisado em diferentes tipos de carnes para evitar a oxidação lipídica. A eficácia da hidrólise foi determinada através da proteína solúvel utilizando o método de Folin enquanto que a atividade antioxidante foi avaliada pelos métodos referentes à captura do radical DPPH e ABTS. Os hidrolisados foram adicionados em carne de porco e peixe e foi verificada a inibição da oxidação lipídica. A influência de três parâmetros (temperatura, pH, relação enzima/substrato) na hidrólise foi estudada através um experimento fatorial 23 . Como respostas foram avaliadas a atividade antioxidante (DPPH e ABTS), atividade quelante de ferro, proteína solúvel, capacidade de formação de espuma e capacidade emulsificante. Observou-se um aumento na concentração de proteína solúvel em função do tempo, sendo que os hidrolisados foram capazes de inibir tanto o radical DPPH quanto o ABTS. Os hidrolisados inibiram em parte a oxidação lipídica em carne suína e peixe. Ainda foi possível concluir que dependendo da finalidade para que se deseja o hidrolisado, diferentes condições devem ser utilizadas. Os resultados demonstram uma potencial aplicação da protease microbiana para gerar hidrolisados antioxidantes da proteína de soja.
Abstract The demand for natural antioxidants has been increasing due to the toxicity of some synthetic antioxidants. Studies have identified naturally occurring antioxidants, such as soy protein, which can contribute to improve functional and biological properties of food. Enzymatic hydrolysis of soy protein increases its antioxidant activity, as well as emulsifying capacity and foaming capacity. The purpose of this work was to study the hydrolysis of soy protein, verifying the antioxidant capacity, application of the hydrolysate in different types of meat and optimization of hydrolysis. The efficiency of hydrolysis was determined by the soluble protein by the method of Folin while the antioxidant activity was evaluated by the methods related to the capture of the radical DPPH and ABTS. The hydrolysates were added to pork and fish and the extent of lipid oxidation was determined by TBARS. In optimizing of the hydrolysis three parameters were varied (T, pH, enzyme substrate), it was applied to a surface response methodology for conducting trials using a 23 factorial experiment. As answers were evaluated antioxidant activity (DPPH and ABTS), iron chelating activity, Lowry, foaming capacity and emulsifying capacity. There was an increase in soluble protein concentration versus time, and the hydrolysates were able to inhibit both the ABTS and the DPPH radical. The hydrolysates were able of inhibit lipid oxidation in pork and fish. Was still possible to conclude that depending on the finality that will be given to hydrolysates different treatment conditions should be used. The results demonstrate a significant potential for application of microbial protease to generate antioxidants of hydrolyzed soy protein.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/61061
Arquivos Descrição Formato
000858314.pdf (879.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.