Repositório Digital

A- A A+

Identificação de regiões cerebrais de linguagem : estudo de ressonância magnética funcional em pacientes com epilepsia refratária de lobo temporal

.

Identificação de regiões cerebrais de linguagem : estudo de ressonância magnética funcional em pacientes com epilepsia refratária de lobo temporal

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Identificação de regiões cerebrais de linguagem : estudo de ressonância magnética funcional em pacientes com epilepsia refratária de lobo temporal
Outro título Identifying language cerebral functions : a study of functional magnetic resonance imaging in patients with refractory temporal lobe epilepsy
Autor Fontoura, Denise Ren da
Branco, Daniel de Moraes
Anés, Maurício
Costa, Jaderson Costa da
Portuguez, Mirna Wetters
Resumo Objetivo: Identificar as regiões cerebrais responsáveis pelas funções de linguagem através de Ressonância Magnética funcional (RMf) em pacientes com epilepsia refratária de lobo temporal. Metodologia: Foi realizada RMf utilizando-se o paradigma de geração de verbos. Os pacientes ouviam palavras concretas e eram orientados a pensar na sua finalidade, sem verbalizar (ex: faca-cortar). Utilizou-se o cálculo de índice de lateralidade (IL) e a verificação do grau de ativação das áreas classicamente envolvidas na linguagem. Resultados e conclusões: Constatou-se que 92,3% dos pacientes investigados apresentaram linguagem em hemisfério esquerdo, e 7,7%, linguagem mista. Observou-se que existe maior freqüência de pacientes com ativação nas regiões de Broca esquerda, Córtex Pré-motor esquerdo, área de Wernicke esquerda e Córtex Auditivo esquerdo.
Abstract Purpose: The purpose of this study was to identify the brain regions for language functions with the functional Magnetic Resonance Image (fMRI) in patients suffering from intractable temporal lobe epilepsy. Methods: During fMRI, patients performed a verb-generation task. They heard concrete words through headphones and were asked to think of their utility (e.g. pencil – to write), without verbalizing or making any facial or tongue movements, keeping silent and with eyes shut. A laterality index (LI) was calculated and we verify the brain regions activities for language. Results and conclusions: Our results identified that that 92.3% of the patients analyzed by fMRI presented left hemisphere language and 7.7% presented mixed language representation. It was observed more patients with activation in left Broca area, left pré-motor cortex, left Wernicke area and left hearing cortex.
Contido em Journal of epilepsy and clinical neurophysiology. Porto Alegre. Vol. 14, n. 1 (mar. 2008), p. 7-10
Assunto Epilepsia
[en] Brain dominance
[en] Functional magnetic resonance imaging
[en] Intractable temporal lobe epilepsy
[en] Language
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/61205
Arquivos Descrição Formato
000824035.pdf (216.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.