Repositório Digital

A- A A+

Tratamento endovascular dos aneurismas de aorta abdominal : experiência inicial e resultados a curto e médio prazo

.

Tratamento endovascular dos aneurismas de aorta abdominal : experiência inicial e resultados a curto e médio prazo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Tratamento endovascular dos aneurismas de aorta abdominal : experiência inicial e resultados a curto e médio prazo
Outro título Endovascular treatment of abdominal aortic aneurysms : initial experience and short and mid-term results
Autor Saadi, Eduardo Keller
Gastaldo, Fernando
Dussin, Luiz Henrique
Zago, Alcides José
Barbosa, Gilberto Venossi
Moura, Leandro de
Resumo Objetivo: O estudo visa a apresentar os resultados a curto e médio prazo do tratamento endovascular dos aneurismas de aorta abdominal (AAA). Trata-se de uma experiência inicial com uma equipe multidisciplinar. Método: No período entre julho de 2003 e outubro de 2005, 42 pacientes foram submetidos a tratamento endovascular de doenças da aorta, sendo 25 por aneurismas de aorta abdominal (AAA). A idade média foi de 74 ± 10,2 anos e 92% dos pacientes eram do sexo masculino. Os procedimentos foram realizados por uma equipe multidisciplinar, no Hospital de Clínicas de Porto Alegre e Hospital Luterano (ULBRA). Vinte e quatro pacientes foram submetidos à colocação de endoprótese bifurcada e um, reta. Em todos os pacientes, o procedimento foi realizado por dissecção das artérias femorais, em laboratório de hemodinâmica. Em nenhum caso houve necessidade de conversão para cirurgia aberta. Resultados: Não houve óbito nesta série. Até 2 anos e 3 meses de acompanhamento, todos os pacientes estão vivos e 24 (96%) livres de reintervenção relacionada ao aneurisma. Um (4%) paciente necessitou novo procedimento endovascular por vazamento tipo I, um ano após, sendo colocadas três extensões. Dois outros necessitaram derivação femoro-femoral cruzada, um no momento do procedimento endovascular e o outro, 24 horas após, por apresentar isquemia de membro inferior direito. Conclusão: O tratamento endovascular dos AAA representa uma nova alternativa à cirurgia convencional, menos invasiva, principalmente para pacientes com alto risco cirúrgico. Como o procedimento é relativamente novo, estudos prospectivos e randomizados são necessários para avaliar resultados a longo prazo. Excelentes resultados a curto e médio prazo podem ser obtidos em nosso meio.
Abstract Objective: The purpose of this study is to present the short and mid-term results of the endovascular treatment of abdominal aortic aneurysms (AAA). This is an initial experience of a multidisciplinary team. Method: Between July 2003 and October 2005, 42 patients (25 of whom suffered from AAAs) were treated with endovascular therapy for aortic diseases. The mean patient age was 74 ±10.2 years with 92% men. The endovascular precedures were performed by a multidisciplinary team in the Hospital de Clínicas de Porto Alegre and Hospital Luterano (ULBRA). In twenty-four of the AAA patients, bifurcated grafts were used and only one had a straight graft. In all patients the procedure was carried out by femoral artery dissection in a catheterization laboratory. There was no need to convert to open repair. Results: There were no operative or postoperative deaths. The survival rate free from reintervention is 96% after two years and three months. One (4%) patient needed a new endovascular procedure for type I endoleak one year after, and three extensions were used successfully. Two other patients needed femoro-femoral bypasses, one at the same time as the endovascular procedure and the other one 24 hours later because of lower limb ischemia. Conclusion: The endovascular treatment of AAAs represents a new less invasive alternative to conventional surgery, especially for high risk patients. Further prospective and randomized studies to evaluate the long term outcomes are needed. Excellent results in short and mid-terms can be obtained by a multidisciplinary teams in our country.
Contido em Revista brasileira de cirurgia cardiovascular. São José do Rio Preto, SP. Vol. 21, n. 2 (abr./jun. 2006), p. 211-216
Assunto Aneurisma da aorta abdominal
Implante de protese
Terapêutica
[en] Aortic aneurysm
[en] Prostheses and implants
[en] Stents
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/61512
Arquivos Descrição Formato
000645840.pdf (514.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir
000645840-02.pdf (512.4Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.