Repositório Digital

A- A A+

Caracterização hidrográfica da Baía de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil

.

Caracterização hidrográfica da Baía de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Caracterização hidrográfica da Baía de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil
Autor Alves Júnior, Lourival Anastácio
Orientador Schettini, Carlos Augusto França
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Correntes marinhas
Florianópolis, Baia de (SC)
Geologia marinha
Sedimento
Resumo Esta dissertação apresenta uma caracterização das condições oceanográfica da nas Baías Sul e Norte, que fazem parte da Baía de Florianópolis localizada entre o continente e a Ilha de Florianópolis, em Santa Catarina. Entre abril de 2005 até maio de 2007, foram realizadas em quinze levantamentos as coletas de dados para estudo hidrográfico da distribuição das propriedades físicas de salinidade, temperatura e turbidez da água, como também dados de direção e velocidade de correntes, que juntos com os demais parâmetros foram coletados em cinco perfis paralelos entre si e ortogonais ao alinhamento geral da Baía Sul e Norte. Diante dos resultados destes levantamentos, foi possível concluir que o principal agente controlador das correntes superficiais foi o vento, e que as marés só dominavam as correntes superficiais quando as intensidades de vento eram quase inexistentes. Apesar de não ter sido registrado, uma variação significativa nos valores médios de salinidade e temperatura, duas massas de água distintas foram observadas na Baía de Florianópolis, Água Costeira (AC), e Água Central do Atlântico Sul (ACAS). A AC foi presente em todos os levantamentos, tendo seu comportamento variando de acordo com a descarga fluvial, alterando a concentração de sal e temperatura e pela temperatura atmosférica, que apresentou forte relação com a temperatura da água. O afunilamento no encontro das baias Norte e Sul, faz com que as correntes aumentem de velocidade neste local mais estreito, o qual apesentou as maiores velocidades de correntes. O Material Particulado em Suspensão (MPS) teve sua concentração mais elevada na Baía Norte que na que na Baía Sul, e está relacionado à resuspensão pelo retrabalhamentos das correntes no material de fundo, pois não houve uma relação direta do MPS com as descargas do Rio Cubatão do Sul, quando em período de alta descarga do mesmo, as concentrações de MPS não se apresentaram elevadas.
Abstract This study presents a characterization of the oceanographic conditions in the North and South Bays, which are a part of the Bay of Florianopolis, located between the Mainland and the island of Florianopolis, in the state of Santa Catarina. From April 2005 until May 2007, data collections were held, in fifteen withdrawals, for hydrographic studies of the distribution of the physical properties of salinity, temperature and turbidity of the water, as well as data from current velocity and direction, which together with the other parameters were collected into five profiles parallel to each other and orthogonal to the general alignment of the North and South Bay. Analyzing the results of these surveys, it was possible to conclude that the main controller agent of surface currents was the wind, and that the tides only dominated the surface currents when wind intensities were almost nonexistent. Although a significant variation in mean values of salinity and temperature has not been registered, two distinct water bodies were observed in the Bay of Florianopolis: Coastal Water (CW), and South Atlantic Central Water (SACW). The CW was present in all surveys, having a change of behavior according to the river discharge, altering the salt concentration and temperature, and also according to the atmospheric temperature, which presented strong relationship with the water temperature. The bottleneck at the meeting of the North and South Bays causes the currents to increase velocity at this narrower location, which presented the greatest current speeds. The suspended particulate matter (SPM) had a higher concentration in the North Bay than in the South Bay, and that is related to the resuspension by the reworking of the currents on the bottom material, because there was not a direct relationship of SMP with the discharges of Cubatão do Sul River, where, when in high discharge period, the concentrations of SMP were not high.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/61681
Arquivos Descrição Formato
000866137.pdf (8.116Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.