Repositório Digital

A- A A+

À esquerda de seu tempo : escritores e o Partido Comunista do Brasil (Porto Alegre - 1927-1957)

.

À esquerda de seu tempo : escritores e o Partido Comunista do Brasil (Porto Alegre - 1927-1957)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título À esquerda de seu tempo : escritores e o Partido Comunista do Brasil (Porto Alegre - 1927-1957)
Autor Martins, Marisângela Terezinha Antunes
Orientador Rodeghero, Carla Simone
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História.
Assunto Comunismo
Escritores
História do Rio Grande do Sul
História e literatura
História política
Intelectuais
Literatura sul-rio-grandense
Militância política
Partido Comunista do Brasil. (1922-1960)
Porto Alegre (RS)
[en] Communism
[en] Literature
[en] PCB
[en] Writers
Resumo A presente pesquisa trata das relações entre escritores e Partido Comunista do Brasil (PCB) na cidade de Porto Alegre. O objetivo é revelar e explorar as articulações entre o mundo da militância comunista e o mundo da literatura porto-alegrense entre as décadas de 1920 e 1960 a partir da trajetória dos homens e das mulheres produtores de literatura que aderiram ao Partido, entre eles: Beatriz Bandeira, Cyro Martins, Dyonélio Machado, Edith Hervé, Fernando Melo, Ivan Pedro de Martins, Jorge Bahlis, Laci Osório, Lila Ripoll e Plínio Cabral. Para tanto, utiliza um conjunto de fontes composto por compêndios bibliográficos, documentos oficiais do PCB, entrevistas, memórias, textos literários, periódicos, relatórios provenientes da polícia e Anais da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. Tais testemunhos são tomados como canais de acesso a situações em que os escritores lançaram mão de diferentes recursos em prol do Partido e a episódios elucidativos da repercussão da militância de esquerda em suas vidas e em suas carreiras. Dividida em seis capítulos, a tese busca mostrar, enfim, em que medida o arranjo social em que os escritores atuaram em diferentes contextos políticos gerou condições para que universos pretensamente independentes fossem perpassados por regras alheias.
Abstract This thesis concerns about the connections with some writers and the Brazil's Communist Party (PCB) in Porto Alegre. Our aims here are to reveal them and further to exploit the link between the communist activity and the literary world in Porto Alegre since 1920 to 1960 taking as a point of departure the trajectory of men and women writers engaged to the communist party. Among them, we particularly mention here Beatriz Bandeira, Cyro Martins, Dyonélio Machado, Edith Hervé, Fernando Melo, Ivan Pedro de Martins, Jorge Bahlis, Laci Osório, Lila Ripoll and Plínio Cabral. In order to reach our aim we use a set of sources composed of bibliographic compilation, PCB's official documents, interviews, memoirs, literary texts, news papers, magazines, police’s accounts and the Legislative Assembly of Rio Grande do Sul's Annals. All these testimonies are taken as access channels to specific contexts wherein these writers used different resources to aid the party's causes and to light up some episodes of the impact of leftist activity in their own lives and literary work. Our research is divided into six parts to show how the social arrangement where these writers acted in different political contexts gave birth to the conditions to supposedly independents universes were pervaded by others rules.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/61721
Arquivos Descrição Formato
000864800.pdf (3.842Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.