Repositório Digital

A- A A+

Comparação entre os endoscópios rígido e flexível na videotoracoscopia em equinos em estação

.

Comparação entre os endoscópios rígido e flexível na videotoracoscopia em equinos em estação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comparação entre os endoscópios rígido e flexível na videotoracoscopia em equinos em estação
Autor Bueno, Flávia Umpierre
Orientador Beck, Carlos Afonso de Castro
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Medicina Animal: Equinos.
Assunto Aparelho respiratorio : Animais
Equinos : Cirurgia veterinaria
videotoracoscopia : diagnostico
[en] Accessory lobe
[en] Endoscope
[en] Equine
[en] Thoracoscopy
Resumo A videotoracoscopia vem ganhando espaço na Cirurgia Veterinária, inclusive na espécie equina, dispondo de estudos que evidenciam resultados promissores no que se refere às suas aplicações diagnósticas e terapêuticas. Este trabalho teve por objetivo comparar dois tipos de endoscópios utilizados para videotoracoscopia em equinos em estação. Foram utilizados 9 equinos com idades que variaram entre 3 e 20 anos. Os procedimentos cirúrgicos foram realizados com os animais em estação, sob sedação, analgesia e anestesia local. Os equinos tiveram cada hemitórax, escolhido de forma aleatória, inspecionado com o endoscópio flexível e o endoscópio rígido (ângulo de visão de 0º, 33 cm de comprimento e 10 mm de diâmetro) através do 12º espaço intercostal. Ambos os endoscópios proporcionaram avaliação efetiva do hemitórax acessado, porém o flexível permitiu um mapeamento mais amplo da cavidade torácica do que o rígido, oportunizando a visualização de um número maior de estruturas, enquanto que rígido apresentou melhor luminosidade, definição de cor e imagem. O uso do endoscópio flexível permitiu a observação da porção ventral da cavidade torácica, assim como, a região cranioventral, permitindo a visualização de estruturas como a veia cava cranial e lobo acessório do pulmão direito. Não foram observadas complicações clínicas significativas com a utilização de ambos os endoscópios.
Abstract Video thoracoscopy has been increasing in veterinary surgery, including the equine species, featuring studies have been showing promising results with regard to their diagnostic and therapeutic applications. This study aimed to compare two types of endoscopes used to perform thoracoscopy in standing horses. We used nine horses with ages ranging between 3 and 20 years. The surgical procedure was performed with the animals in standing, under sedation, analgesia and local anesthesia. The horses had each hemithorax, randomly chosen, inspected with the flexible endoscope and rigid endoscope (viewing angle of 0°, 33 cm long and 10 mm in diameter) through the 12th intercostal space. Both endoscopes have provided effective evaluation of the hemithorax accessed, but the flexible endoscope allowed a larger mapping of the chest cavity than the rigid, allowing the visualization of a greater number of structures, while the rigid endoscope showed better brightness, color definition and image. The use of flexible endoscope allowed observation of the ventral portion of the thoracic cavity and the cranio-ventral region, allowing visualization of structures such as the cranial vena cava and accessory lobe of the right lung. No significant clinically complications were observed with the use of both endoscopes.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/61791
Arquivos Descrição Formato
000866735.pdf (780.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.