Repositório Digital

A- A A+

Relações entre resistência ao consumo e personalidade

.

Relações entre resistência ao consumo e personalidade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Relações entre resistência ao consumo e personalidade
Autor Silva, Fernanda Kraemer da
Orientador Rossi, Carlos Alberto Vargas
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Consumo
Relações de consumo
Resistência
Resumo O presente trabalho teve como objetivo investigar possíveis relações entre resistência ao consumo e personalidade. Para tanto, também buscou-se identificar como traços de personalidade emergem em indivíduos com comportamentos de resistência ao consumo (tendo o modelo dos Cinco Grandes Fatores como base), além de possíveis motivações, influências e práticas associadas a comportamentos de resistência ao consumo. Os achados foram consistentes, em certos aspectos, com o que já foi encontrado na literatura - hábitos como produção caseira, redução da quantidade de produtos utilizados e substituição de alguns itens por outros foram práticas também encontradas aqui. A alimentação, especificamente, parece ser o setor de consumo onde a resistência ao consumo se manifesta mais fortemente. Relacionando personalidade ao hábito de resistir ao consumo, foi identificado no grupo um significativo destaque na dimensão Abertura - que se apresentou predominantemente em escores nas faixas percentílicas alta e muito alta em relação à população - e na dimensão Neuroticismo - que trouxe, em sua maioria, resultados abaixo da média da população. Desta forma, poder-se-ia indicar que, no que diz respeito à personalidade, este grupo se diferencia da média dos indivíduos do país por apresentar altos índices na dimensão Abertura e baixos escores em Neuroticismo. Por último, as facetas Amabilidade (S1), Pró-sociabilidade (S2), Confiança nas pessoas (S3) e Vulnerabilidade (N1), em especial, também surgiram como relacionadas a alguns comportamentos específicos de resistência ao consumo.
Abstract The present work aims to investigate possible relationships between consumer resistance and personality. To this end, it was also attempted: to identify how personality traits emerge in individuals with resistance to consumption behavior, based on the model of the Big Five Factors; to identify possible motivations and influences associated with adoption of consumer resistance behaviors; and identify possible practices of resistance to consumption. The findings were consistent in some aspects with what has been found in the literature, including habits such as home production, reducing the amount of products used, and substitution of some items by others. The food, specifically, appears to be the consumption sector where the consumer resistance manifested more strongly. Relating personality to the habit of resist to consumption, it was identified in the group a significant emphasis on the dimension Openness - which presented predominantly in the range percentile scores high and very high regarding the population - and the Neuroticism dimension - which brought mostly results lower than the population average. Thus, one could indicate that, regarding personality, this group differs from the average of individuals in the country by presenting high levels in the dimension Openness and low scores on Neuroticism. Finally, Agreeableness (S1), pro-sociability (S2), Trust in people (S3) and Vulnerability (N1) facets also appeared to be related to some specific consumer resistance behaviors.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/61793
Arquivos Descrição Formato
000866869.pdf (1.099Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.