Repositório Digital

A- A A+

Idealização e realidade no trabalho da enfermeira um unidades especializadas

.

Idealização e realidade no trabalho da enfermeira um unidades especializadas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Idealização e realidade no trabalho da enfermeira um unidades especializadas
Outro título Idealización y realidad en el trabajo de la enfermera en unidades especializadas
Outro título Idealization and reality at the nurse’s work in specialized hospital sectors
Autor Gustavo, Andréia da Silva
Lima, Maria Alice Dias da Silva
Resumo O estudo buscou conhecer a concepção de enfermeiras sobre as atividades que desenvolvem no processo de trabalho em setores especializados, no modelo clínico de atenção à saúde. Através de entrevistas semiestruturadas, constatou-se que as atividades modificam-se conforme a complexidade do cuidado. A enfermeira possui liberdade de ação, construída na relação de interdependência com os profissionais de saúde. Identificou-se o papel articulador da enfermeira em relação ao trabalho do médico e, também, aos demais serviços da instituição. Confirma-se que cuidar e gerenciar são dimensões do trabalho da enfermeira, que se modificam conforme a especificidade das atividades em diferentes unidades especializadas.
Abstract The research aimed at analyzing the nurse’s work organization in specialized hospital sectors, and at knowing her conception about the activities in the clinical model of the health care. Through semi-structured interviews, it was found that activities change according to care complexity. The nurse has freedom of action in her routine, which is made in the interdependence relationship of health professionals. The articulating role developed by the nurse related to the physician’s work and also to the other institution services was identified. It was confirmed that caring and managing are the nurse’s work dimensions, which change according to the activities specification in the different specialized units.
Resumen El estudio buscó analizar la organización del trabajo de la enfermera en sectores hospitalarios especializados y conocer su concepción sobre las actividades en el modelo clínico de atención a la salud. A través de entrevistas semiestructuradas, se constató que las actividades se modifican conforme la complejidad del cuidado. La enfermera posee libertad de acción, construida en la relación de interdependencia con los profesionales de salud. Se identificó el papel articulante de la enfermera con relación al trabajo del médico y, también, a los demás servicios de la institución. Se confirma que cuidar y administrar son dimensiones del trabajo de la enfermera, que se modifican conforme la especialidad de las actividades en distintas unidades especializadas.
Contido em Revista brasileira de enfermagem. Brasília. Vol. 56, n. 1 (jan./fev. 2003), p. 24-27
Assunto Enfermagem : Papel : Profissão
Unidades especializadas : Trabalho : Enfermagem
[en] Nurse’s role
[en] Nursing
[en] Nursing services
[es] Enfermería
[es] Rol de la enfermera
[es] Servicios de enfermería
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/61850
Arquivos Descrição Formato
000390156.pdf (35.15Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.