Repositório Digital

A- A A+

Fundamentos econômicos da política de apoio e de fomento a micro e pequenas empresas : um estudo aplicado ao caso da atuação do SEBRAE/MS no período de 1990-2008

.

Fundamentos econômicos da política de apoio e de fomento a micro e pequenas empresas : um estudo aplicado ao caso da atuação do SEBRAE/MS no período de 1990-2008

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fundamentos econômicos da política de apoio e de fomento a micro e pequenas empresas : um estudo aplicado ao caso da atuação do SEBRAE/MS no período de 1990-2008
Autor Santos, Miguel Ângelo Batista dos
Orientador Henkin, Helio
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Economia.
Assunto Desenvolvimento econômico
Empreendedorismo
Gestão estratégica
Mato Grosso do Sul
Micro e pequenas empresas
Políticas públicas
Servico de Apoio as Micro e Pequenas Empresas do Mato Grosso do Sul.
[en] Micro and small business
[en] Policy support and encouragement
Resumo Esta pesquisa visa analisar a política de apoio e de fomento as Micro e Pequenas Empresas no estado de Mato Grosso do Sul, tendo como referência a atuação do SEBRAE/MS no período de 1990 a 2008, através da percepção dos empresários analisados. A pesquisa parte da informação de que o índice de mortalidade das pequenas e micro empresas é de 56% antes de completarem cinco anos de atividades (SEBRAE, 2007). Trata-se de uma informação preocupante, pois, segundo o SEBRAE (2007), as Micro e Pequenas Empresas constituem 99% do número de empresas formalmente estabelecidas no país, responsável por 60% dos empregos gerados, contribuindo com mais de 50% dos salários, e por 20% de participação no Produto Interno Bruto do país. A questão principal a ser investigada é se estas políticas acontecem de forma eficiente e quais as ações tomadas por estas empresas para se manterem no mercado. Para identificar a percepção dos micro e pequenos empresários sobre a contribuição das políticas de apoio e de fomento do SEBRAE/MS, assim como, suas ações tomadas diante das dificuldades enfrentadas, foram realizadas entrevistas e questionários dirigidos a várias empresas. Foi detectado que apenas uma das 24 empresas que aceitaram em participar da pesquisa, demonstrou estar satisfeita com os serviços prestados pelo SEBRAE/MS. Das 24 empresas analisadas, 14 utilizam ou já utilizaram os serviços do SEBRAE/MS e outras 10, não utilizaram. A metodologia utilizada foi de caráter exploratório, com abordagem qualitativa, utilizando a técnica de análise de discurso. Com base nas teorias utilizadas e nas informações obtidas das entrevistas e questionários, a pesquisa evidenciou que esta insatisfação não é proveniente da existência de alguma ineficiência do SEBRAE/MS, relacionado à falta de conhecimento técnico, e sim, da dificuldade do SEBRAE/MS em atender a ansiedade dos empresários pesquisados em obter respostas prontas e imediatas diante das dificuldades que enfrentam. Isto acontece devido à variedade e o volume de atividades existentes dentro destas empresas, mesmo de micro e pequeno porte, que induzem o micro e pequeno empresário ter uma organização e controle não muito eficiente de sua empresa. Quanto mais organizada e controlada, maior a possibilidade de uma empresa deste porte conseguir definir e melhor aproveitar os serviços de apoio e de fomento do SEBRAE/MS em comparação com aquelas cuja organização e controle são deficientes.
Abstract This research aims to analyze the political support and encouragement Micro and Small Enterprises in the state of Mato Grosso do Sul, with reference to the performance of SEBRAE / MS in the period 1990 to 2008, through the perception of entrepreneurs analyzed. The research is part of the important information that the mortality rate of small and micro enterprises is 56% before reaching five years of activities (SEBRAE, 2007). It is a troubling information because, according SEBRAE (2007), the Micro and Small Enterprises constitute 99% of the number of companies formally established in the country, accounting for 60% of jobs, contributing over 50% of salaries , and 20% share of the GDP of the country. The main question to be investigated is whether these policies occur efficiently and that the actions taken by these companies to stay in the market. To identify the perceptions of micro and small entrepreneurs on the contribution of political support and encouragement of SEBRAE / MS, as well as their actions taken in the face of difficulties, we conducted interviews and questionnaires to various companies. It was found that only one of 24 companies that agreed to participate in the study, proved to be satisfied with the services provided by SEBRAE / MS. Of the 24 companies surveyed, 14 use or have used the services of SEBRAE / MS and 10 others, did not. The methodology was exploratory in nature, with a qualitative approach, using the technique of discourse analysis. Based on the theories used and the information obtained from interviews and questionnaires, the survey showed that this dissatisfaction is not from the existence of some inefficiency SEBRAE / MS, related to lack of technical knowledge, but rather the difficulty of SEBRAE / MS address the anxiety of businessmen surveyed in getting immediate answers and the difficulties you face. This is due to the variety and volume of existing activities within these businesses, even micro and small, which leads to micro and small business to have an organization and not very efficient control of your company. The more organized and controlled, the greater the possibility of a company this size get set and enjoy the best support services and promotion of SEBRAE / MS compared with those whose organization and control are disabled.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/61916
Arquivos Descrição Formato
000866370.pdf (1.006Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.