Repositório Digital

A- A A+

Com que roupa eu vou? embelezamento e consumo na composição dos uniformes escolares infantis

.

Com que roupa eu vou? embelezamento e consumo na composição dos uniformes escolares infantis

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Com que roupa eu vou? embelezamento e consumo na composição dos uniformes escolares infantis
Autor Beck, Dinah Quesada
Orientador Felipe, Jane
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Consumo
Gênero
Infância
Uniforme escolar
[en] Beautification
[en] Childhood
[en] Consumption
[en] Gender
[en] School uniforms
Resumo A presente Tese de Doutorado em Educação intitulada “Com que roupa eu vou? Embelezamento e Consumo na Composição dos Uniformes Escolares Infantis”, desenvolvida na Linha de Pesquisa Educação, Sexualidade e Relações de Gênero do PPGEDU da FACED/UFRGS teve como primordial foco de estudos pesquisar a produção das identidades de gênero femininas infantis escolarizadas marcadas pelo processo de pedofilização como prática social contemporânea. O estudo empreendido buscou responder em sua narrativa, mesmo que provisoriamente, a seguinte questão: de que forma as práticas de uniformização escolar infantil interferem no modo como as meninas investem, em seus corpos, padrões estéticos e corporais de embelezamento e consumo tão difundidos em nossa sociedade e propagados pela escola na constituição de suas identidades de gênero? Tendo como referenciais teórico-metodológicos os Estudos de Gênero e os Estudos Culturais em Educação, foram desenvolvidas entrevistas semiestruturadas com crianças e com profissionais da escola em questão, no intuito de coletar dados acerca do problema pesquisado. Desenvolvi, também, observações em momentos livres das crianças na escola num período aproximado de seis meses, registrados num caderno de anotações, com o intuito de problematizar, discutir e investigar o problema de pesquisa apontado. O estudo suscitou a compreensão de que as práticas de composição em torno dos uniformes escolares infantis, glamourosamente produzidas pela escola e propagadas pelas crianças estabelecem uma consistente relação entre consumo e embelezamento dos corpos, demarcando dois processos recorrentes em tais práticas: pertencimento e erotização autorizada. Em tal prática escolar foi possível também perceber a demarcação de discursos e representações sociais e culturais contemporâneos da importância do maciço investimento, desde a infância, nos corpos, na imagem e na aparência, reforçando a adesão das meninas na produção/composição de suas identidades de gênero.
Abstract The present doctoral thesis in Education entitled "What clothes should I wear? Beautification and Composition of Consumption in Children’s School Uniforms", following the research line in Education, Sexuality and Gender Relations (PPGEDU) at the College of Education (FACED) at the Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS) focuses on the production of the female child’s gender identities in school, which are characterized by the process of pedophilization as a contemporary social practice. The study aims to answer the following question, although temporarily: How can the use of school uniforms interfere in the way the girls are investing in their bodies, the aesthetic and body patterns of beautification and consumption, which are strongly publicized in our society and spread in the school formation of their gender identities? Based on the Gender Studies and Cultural Studies in Education as theoreticalmethodological referential, some semi-structured interviews were carried out with the children and the school staff in order to collect data. Written observations were also made during the children’s free moments at school over a period of approximately six months. The study raised the understanding that the practices of composition concerning schoolchildren uniforms, glamorously produced and promoted by the children themselves, establish a consistent relationship between consumption and body beautification, reinforcing two recurring processes in such practices: belonging and authorized eroticization. In this school practice it was also possible to realize the reinforcement of discourses and the contemporary cultural ad social representations in the importance of the massive investment, since childhood, in the bodies, the image and the appearance, reinforcing the adhesion of girls in the production/composition of their gender identities.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/61954
Arquivos Descrição Formato
000867816.pdf (1.412Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.