Repositório Digital

A- A A+

Gestações espontâneas após punção ovariana para maturação in vitro em mulheres com síndrome dos ovários policísticos

.

Gestações espontâneas após punção ovariana para maturação in vitro em mulheres com síndrome dos ovários policísticos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Gestações espontâneas após punção ovariana para maturação in vitro em mulheres com síndrome dos ovários policísticos
Outro título Spontaneous pregnancies after ovarian puncture for in vitro maturation in women with the polycystic ovary syndrome
Autor Frantz, Nilo
Ferreira, Marcelo Oliveira
Höher, Marcos
Bos-Mikich, Adriana
Resumo OBJETIVO: relatar três casos de gestações espontâneas em portadoras da síndrome dos ovários policísticos (SOP) que ocorreram nos meses subsequentes à realização de punção ovariana transvaginal para captação oocitária para a maturação in vitro. MÉTODOS: foram incluídas no estudo três pacientes inférteis portadoras de SOP submetidas à maturação in vitro dos oócitos sem estimulação ovariana prévia. Durante o procedimento da coleta dos oócitos, cada ovário foi perfurado de quatro a oito vezes. RESULTADO: nenhuma paciente engravidou com a técnica da maturação in vitro. Avaliando o seguimento dos casos, em sete meses após o procedimento, as três pacientes engravidaram sem o auxílio de técnicas de reprodução assistida, resultando em três nascimentos. CONCLUSÕES: as múltiplas perfurações nos ovários destas pacientes portadoras da SOP, durante o procedimento de coleta dos oócitos, podem ter contribuído para a obtenção da gestação nos meses subsequentes ao procedimento.
Abstract PURPOSE: to report three cases of spontaneous gestation in women with polycystic ovarian syndrome (PCOS), that occurred in the months subsequent to transvaginal oocyte retrieval for in vitro maturation (IVM). METHODS: three infertile patients with PCOS, submitted to oocytes’ IVM without previous ovarian stimulation, were included in the study. During the procedure of oocytes’ collection, each ovary was drilled from four to eight times. RESULTS: none of the patients got pregnant with the IVM technique. Evaluating the cases’ follow-up, in seven months after the procedure, the three patients got pregnant without the help of techniques of assisted reproduction, which resulted in three births. CONCLUSIONS: the multiple drillings in the ovary of these patients with PCOS, during the process to collect oocytes, may have contributed to their pregnancy in the months following the procedure.
Contido em Revista brasileira de ginecologia & obstetrícia. Rio de Janeiro. Vol. 31, no. 3 (mar. 2009), p. 138-141
Assunto Anovulação
Embriologia
Fertilização in vitro
Infertilidade
Oócitos
Síndrome do ovário policístico
[en] Anovulation
[en] Fertilization in vitro/methods
[en] Oocytes Infertility
[en] Polycystic ovary syndrome
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/62005
Arquivos Descrição Formato
000708333.pdf (113.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.