Repositório Digital

A- A A+

Efeitos da orientação de restrição de sódio em pacientes em hemodiálise : ensaio clínico randomizado

.

Efeitos da orientação de restrição de sódio em pacientes em hemodiálise : ensaio clínico randomizado

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeitos da orientação de restrição de sódio em pacientes em hemodiálise : ensaio clínico randomizado
Autor Freitas, Amanda Brito de
Orientador Souza, Gabriela Corrêa
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Curso de Nutrição.
Assunto Diálise renal
Dieta
Sódio
Resumo A Doença Renal Crônica (DRC) é uma síndrome complexa, caracterizada pela perda lenta, progressiva e irreversível das funções renais. Entre as medidas utilizadas no tratamento clínico de pacientes em hemodiálise, além do tratamento medicamentoso, as modificações na dieta têm sido consideradas uma das mais promissoras para essa população. Com o objetivo de avaliar os efeitos da orientação nutricional da restrição de sódio na alimentação e sua relação com parâmetros clínicos e dietéticos, em pacientes em tratamento hemodialítico, foi desenhado um ensaio clínico randomizado com 112 pacientes divididos em grupo intervenção e grupo controle. Entretanto, este manuscrito apresentará os dados parciais (n = 50). Em ambos os grupos foram avaliados no início do estudo e em 90 dias o consumo de sódio, dados antropométricos (peso seco, interdialítico, circunferência abdominal e força de aperto de mão) e clínicos (pressão arterial sistólica e diastólica). O grupo intervenção recebeu orientação nutricional para a restrição de sódio, no momento inicial do estudo e um reforço em 30 dias. Como resultados não encontramos redução estatísticamente significativa no consumo total de sódio, entre os grupos. Em relação aos tipos de alimentos houve uma redução estatisticamente significativa no consumo de linguiça de porco (p=0,046) e bife de hambúrguer (p=0,045), e uma tendência à significância estatística do consumo de temperos prontos (p=0,068), todos no grupo intervenção. Os parâmetros antropométricos e clínicos não demostraram diferença de variação significativa entre os grupos. Concluímos, até o presente momento, que a orientação alimentar não foi o suficiente para diminuir o consumo de sal significativamente, porém foi capaz de mudar hábitos alimentares relacionados a alimentos ricos em sódio.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/62052
Arquivos Descrição Formato
000868343.pdf (1.033Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.