Repositório Digital

A- A A+

Tornar-se mãe de um bebê prematuro na adolescência : uma condição de dupla imaturidade

.

Tornar-se mãe de um bebê prematuro na adolescência : uma condição de dupla imaturidade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Tornar-se mãe de um bebê prematuro na adolescência : uma condição de dupla imaturidade
Autor Leão, Lívia Caetano da Silva
Orientador Lopes, Rita de Cassia Sobreira
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.
Assunto Bebê
Maternidade
Nascimento prematuro
[en] Adolescent mother
[en] Immaturity
[en] Premature baby
Resumo O presente estudo buscou investigar a experiência de tornar-se mãe de um bebê prematuro na adolescência, em particular, a relação que a mãe adolescente estabelece com o bebê prematuro, durante a internação hospitalar do bebê. Participaram quatro mães adolescentes entre 17 e 18 anos de idade, que tiveram seus bebês prematuros em dois hospitais públicos de Porto Alegre, as quais foram entrevistadas em três momentos da internação do bebê na UTI Neonatal (aproximadamente no 15º dia de vida do bebê, uma semana após este contato e no momento de pré-alta hospitalar do bebê). Os resultados apontaram para um somatório de crises concomitantes como a adolescência, a maternidade e a prematuridade, o que representou um impacto importante neste momento de transição para as adolescentes. Para algumas mães foi possível recuperar-se do choque inicial causado pelo nascimento prematuro de seu bebê, fato relacionado à variação no grau de desenvolvimento individual e nos modos de funcionamento psíquico de cada uma. Além disso, aspectos típicos do funcionamento adolescente mostraram-se evidenciados, mesmo com a exigência de que as mães interrompessem seu processo de adolescer para cuidar do bebê na UTI Neo. Assim também, notou-se que há diferentes tempos que marcaram esta transição para a maternidade: o tempo da UTI, o tempo do bebê e o tempo da adolescente, muito distintos e com características próprias. Outros estudos devem ser realizados nesta temática específica, uma vez que não se conhece os efeitos a médio e longo prazo deste tipo de transição para a maternidade para a mãe e para o bebê. Espera-se que este estudo possa contribuir para se considerar as especificidades do momento da adolescência no contexto da UTI Neo.
Abstract The present study investigates the experience of giving birth to a premature baby in adolescence, specifically examining the relationship the adolescent mother establishes with the premature baby during its hospital internment. Four adolescent mothers between 17 and 18 years old took part in the research. They gave birth to their premature babies in two different public hospitals of Porto Alegre and were interviewed at three moments of the babies' internment in the NICU (about 15 days after the babies were born, a week after this first contact and right before the babies' hospital discharge). The results pointed to a sum of simultaneous crisis, such as adolescence, motherhood and prematurity, which represented a major impact at this time of transition for adolescents. For some mothers it was easy to recover from the initial shock caused by the premature birth of their babies, and this fact is related to variations in the degree of individual development as well as to the different modes of psychic functioning of each one of them. Furthermore, some typical aspects of adolescence were shown, even though the adolescents were demanded to interrupt their process of being adolescents to take care of a premature baby in NICU. Thus, it was possible to notice that there were different times that marked the transition to motherhood: the time of NICU, the babies' and the adolescents' time, which were very distinct from each other, showing specific characteristics. Other studies should be conducted in this specific area, since the medium and long term effects of this kind of transition to motherhood, regarding the adolescent mother and the baby, are not known. It is expected that this study contributes to better understanding the specificities of adolescent mothers in the NICU.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/62101
Arquivos Descrição Formato
000868675.pdf (1.233Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.