Repositório Digital

A- A A+

Avaliação neuropsicológica das funções executivas no transtorno do espectro do autismo

.

Avaliação neuropsicológica das funções executivas no transtorno do espectro do autismo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação neuropsicológica das funções executivas no transtorno do espectro do autismo
Autor Czermainski, Fernanda Rasch
Orientador Salles, Jerusa Fumagalli de
Co-orientador Bosa, Cleonice Alves
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.
Assunto Adolescente
Autismo
Avaliacao neuropsicologica
Criança
Função executiva
[en] Autism Spectrum Disorder
[en] Cognition
[en] Executive functions
[en] Neuropsychological assessment
[en] Neuropsychology
Resumo Essa dissertação teve como objetivo investigar as funções executivas em crianças e adolescentes com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA). No primeiro estudo, foi feita uma revisão sistemática de publicações de 2001 a 2011, que avaliaram as funções executivas nessa amostra. No segundo estudo, foi feita uma comparação de desempenho de dois grupos de crianças e adolescentes, um grupo com diagnóstico de TEA (n=11) e um grupo controle com desenvolvimento típico (n=19), em tarefas de funções executivas e memória de trabalho. Concluiu-se que, embora o estudo de revisão tenha encontrado evidências de componentes executivos intactos (resolução de problemas, memória de trabalho) e disfuncionais (planejamento, flexibilidade, fluência verbal, inibição) nas amostras com TEA, o estudo empírico indicou desempenho inferior do grupo TEA em todas as tarefas de funções executivas e memória de trabalho, envolvendo componentes do controle inibitório, da flexibilidade cognitiva, do planejamento, de memória de trabalho e de fluência verbal.
Abstract This dissertation aimed to investigate executive function in children and adolescents with Autism Spectrum Disorders (ASD). In the first study, we performed a systematic review of publications from 2001 to 2011, which assessed executive function in this sample. In the second study, was done a performance comparison of two groups of children and adolescents, a group with ASD (n=11) and a control group with typical development (n=19), in tasks of executive function and working memory. It was concluded that, although the review study has found evidence of intact (problem-solving, working memory) and dysfunctional (planning, flexibility, verbal fluency, inhibition) executive components in samples with ASD, the empirical study indicated lower performance of executive function in ASD group, involving components of inhibitory control, cognitive flexibility, planning, working memory and verbal fluency.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/63201
Arquivos Descrição Formato
000860693.pdf (882.0Kb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.