Repositório Digital

A- A A+

Estudo comparativo em radiografias panorâmicas do grau de inclinação dos terceiros molares inferiores e da direção de crescimento mandibular segundo os traçados de Altonen, Haavikko, Mattila e de Puricelli

.

Estudo comparativo em radiografias panorâmicas do grau de inclinação dos terceiros molares inferiores e da direção de crescimento mandibular segundo os traçados de Altonen, Haavikko, Mattila e de Puricelli

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo comparativo em radiografias panorâmicas do grau de inclinação dos terceiros molares inferiores e da direção de crescimento mandibular segundo os traçados de Altonen, Haavikko, Mattila e de Puricelli
Autor Hennigen, Tatiana Wahl
Orientador Ferreira, Eduardo Silveira
Co-orientador Puricelli, Edela
Data 2005
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Programa de Pós-Graduação em Odontologia.
Assunto Dentes : Molares
Maxilares : Crescimento e desenvolvimento
Radiografia : Maxilares
Resumo Foi realizado um estudo comparativo entre os resultados das medidas obtidas segundo dois traçados (Altonen, Haavikko e Mattila x Puricelli), efetuadas sobre radiografias panorâmicas, verificando-se a presença ou ausência de compatibilidade entre os mesmos. Avaliou-se também a direção de crescimento mandibular (vertical ou sagital) na amostra composta por pacientes com maloclusão de Classe II esquelética e ainda a existência de uma relação desta direção com o grau de inclinação dos terceiros molares. Desta forma, as seguintes medidas foram comparadas: ângulo β de Altonen, Haavikko e Mattila correspondente ao γ de Puricelli, o qual indicou o relacionamento dos terceiros molares inferiores em relação aos segundos molares; ângulo γA de Altonen, Haavikko e Mattila correspondente ao M2L3 de Puricelli, o qual indicou o ângulo de inclinação do segundo molar com uma linha de base e ângulo α de Altonen, Haavikko e Mattila correspondente ao Pc-Go-B de Puricelli, proporcionando o ângulo mandibular. Baseando-se nos resultados obtidos, apresentados e discutidos no presente trabalho e de acordo com a metodologia estudada, pode-se concluir que: 1) Os traçados diferem entre si, com relação a todas as medidas. Entretanto, apresentam uma correlação positiva para todas as medidas estudadas. 2) Há um crescimento mandibular predominantemente vertical (condilar) segundo o traçado proposto por Puricelli. 3) O grau de inclinação do terceiro molar não se correlaciona com a direção do crescimento mandibular indicada através do ângulo mandibular em ambos os traçados. Desta forma, é imprescindível que ao se compararem os resultados de diferentes estudos analisem-se apenas aqueles que utilizaram o mesmo traçado.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/6494
Arquivos Descrição Formato
000485903.pdf (863.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.