Repositório Digital

A- A A+

Mapeamento de manifestações patológicas em edificação histórica : estudo no prédio do observatório astronômico da UFRGS

.

Mapeamento de manifestações patológicas em edificação histórica : estudo no prédio do observatório astronômico da UFRGS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Mapeamento de manifestações patológicas em edificação histórica : estudo no prédio do observatório astronômico da UFRGS
Autor Pasqualotto, Natália
Orientador Masuero, Angela Borges
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo As edificações da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) são consideradas parte integrante do Patrimônio Histórico do estado do Rio Grande do Sul devido ao valor que a sociedade atribui às mesmas, por motivos tanto culturais como artísticos. Portanto, sua conservação é duplamente importante: é interesse público (usuários indiretos), mas também uma necessidade para seus usuários diretos, visto que uma edificação deve sempre cumprir seu papel funcional. Nesse sentido, o presente trabalho busca contribuir ao realizar um estudo de caso sobre as manifestações patológicas presentes no prédio do Observatório Astronômico da UFRGS – uma das edificações históricas tombadas também pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) –, com a descrição de suas causas e possíveis soluções. Para o seu desenvolvimento, foi necessária uma revisão bibliográfica das manifestações patológicas que podem ser encontradas em edificações históricas, limitada aos principais sintomas identificados preliminarmente na edificação em estudo. A partir dessa etapa teórica, foi realizada uma análise detalhada de cada manifestação patológica, no processo chamado de mapeamento, que gerou um resultado gráfico das manifestações na edificação e também fichas com suas descrições e fotografias. A partir dos dados levantados, constatou-se que as principais manifestações ocorrem devido a problemas de umidade, tanto ascensional (por falha de impermeabilização e desnível do terreno) como de infiltração (devido à cobertura junto à cúpula superior), e por fissuras, bem como problemas causados pela ausência de manutenção. Com isso, sugerem-se diversas ações que visam manter o estado de conservação da edificação, destacando a necessidade de intervenções mais urgentes na correção de fissuras que causaram destacamento do reboco e exposição de trilho metálico da estrutura e a impermeabilização da cobertura.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/65437
Arquivos Descrição Formato
000864043.pdf (27.25Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.