Repositório Digital

A- A A+

Reação álcali-agregado em concretos brancos com agregados miúdos reciclados de ágata

.

Reação álcali-agregado em concretos brancos com agregados miúdos reciclados de ágata

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Reação álcali-agregado em concretos brancos com agregados miúdos reciclados de ágata
Autor Chiaro, Silvia Monica Ximeno
Orientador Kirchheim, Ana Paula
Co-orientador Bonsembiante, Francieli Tiecher
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo No estado do Rio Grande do Sul, há a terceira maior produção de pedras preciosas do Brasil, com etapas do beneficiamento de rochas, como a ágata gerando resíduos que requerem solução quanto ao seu destino final. Desta forma o aproveitamento de resíduos e subprodutos industriais na Construção Civil apresenta-se como uma excelente alternativa para diminuição do impacto ambiental e contribuição para o desenvolvimento sustentável. A utilização destes como carga na produção de concretos e argamassas traz muitos benefícios, podendo incrementar as propriedades dos mesmos, além de possibilitar um destino sustentável a resíduos que, de outro modo, seriam dispostos em aterros industriais. Em observações realizadas, nos processos geradores do resíduo de ágata, percebeu-se que, em pó, apresentava-se com uma cor clara. Visto isso, se vislumbrou a possibilidade de sua utilização, em especial, em concretos brancos. A afirmativa se justifica pela necessidade de usar agregados que não sejam capazes de alterar a cor no acabamento final destes concretos, já que por vezes, em concretos brancos estruturais, se elimina o revestimento por motivos estéticos, bem como possibilitaria também, trabalhar com texturas e pigmentos. Assim o presente trabalho propõe estudar a possível influência causada pela substituição de agregados miúdos convencionais, por agregados miúdos reciclados de ágata, provenientes dos depósitos de rejeitos das empresas beneficiadoras dessas rochas. Para tal aproveitamento torna-se necessária, primeiramente, a caracterização da ágata. Resultados obtidos no estudo mostram que a rocha é composta por quartzo. Este mineral é conhecido por ocasionar, em concretos, a reação álcali-agregado, quando reage com os álcalis do cimento na presença de umidade. Assim este trabalho focalizou a propriedade de durabilidade do concreto como prioritária, verificando a viabilidade de sua utilização frente à referida reação. Dentre as formas existentes para avaliar a durabilidade em concretos, optou-se, em função do tempo para realização do mesmo, pelo ensaio acelerado da reação álcali-agregado em barras de argamassa. Os ensaios demonstraram que como agregado miúdo, o reciclado de ágata, é potencialmente reativo para dois dos três cimentos estudados. Sendo assim, para representar uma boa alternativa no uso em concretos brancos e igualmente em concretas cinzas, e contribuir na diminuição do impacto ambiental causado pelos rejeitos, a ágata deve ser utilizada com adições, como a sílica ativa, utilizada neste estudo em duas porcentagens, capaz de mitigar a reação álcali-agregado.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/65441
Arquivos Descrição Formato
000864073.pdf (2.247Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.