Repositório Digital

A- A A+

A transformação da "concertación" no poder

.

A transformação da "concertación" no poder

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A transformação da "concertación" no poder
Autor Orellana, Edith Jacqueline Leon
Orientador Moya, Mauricio Assumpção
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Ciência Política.
Assunto Chile
Democracia
Estado
Políticas públicas
Sistema eleitoral
Sistemas politicos
[en] Binomial electoral system
[en] Institutional
[en] Median elector
[en] Rational
[en] State
Resumo O sistema binominal chileno tem características próprias, que modificam o sistema binominal tradicional de Anthony Downs. Por isto torna-se interessante estudar como este tem se desenvolvido numa conjuntura nacional que está em debate permanente, já que o sistema multipartidário e o sistema binominal continuam sendo objeto de debates na política chilena. O sistema binominal pós-ditadura é uma questão determinante na história recente do Chile e que vai marcar o pensamento e a organização atual do país. Neste contexto, surgem novos atores na política nacional, assim como os partidos políticos ou movimentos sociais. A opinião sobre as políticas públicas e sua relação com as preferências do eleitor são estudadas aqui como um referente de reformulação de políticas públicas e mudanças conjunturais da realidade política dos atores políticos chilenos. Na esfera das relações internacionais, o Chile voltou a se posicionar no mundo das relações diplomáticas e a assinar acordos comerciais com muitos países com os quais não mantinha relações desde 1973 e, assim passou a ser reconhecido pelo mundo como um país negociador e capaz de governar-se como uma democracia.
Abstract The Chilean binominal system has its own characteristics, that changed the traditional binominal system of A. Downs. It becomes interesting to study how it has developed in a context of an ongoing national debate, as the multiparty system and binominal system is still subject of debate. The post-dictatorship binominal system is a determinant issue in the recent history of Chile and it leaves prints on the political thought and the current organization of the country. In this context, new actors emerge in the national politics, such as the political parties or social movements. The public policies and its relation to the electoral preferences are studied here as a reference for the recasting of public policy and political reality of the exchange term of Chilean political actors. In the sphere of international relations, Chile returned to place itself in the world of diplomatic relations and to sign commercial agreements with many countries which it did not keep diplomatic relations since the institutional rupture in 1973 and so it started to be recognized by the world as a negotiator country and able to govern freely in a new democracy.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/66314
Arquivos Descrição Formato
000870638.pdf (1.112Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.