Repositório Digital

A- A A+

Prevalência de excesso de peso em crianças e adolescentes cadastrados no SISVAN-WEB -pertencentes à região de abrangência de uma unidade básica de saúde de Porto Alegre

.

Prevalência de excesso de peso em crianças e adolescentes cadastrados no SISVAN-WEB -pertencentes à região de abrangência de uma unidade básica de saúde de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Prevalência de excesso de peso em crianças e adolescentes cadastrados no SISVAN-WEB -pertencentes à região de abrangência de uma unidade básica de saúde de Porto Alegre
Autor Wagner, Dhara Gonçalves Pinto
Orientador Neutzling, Marilda Borges
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Curso de Nutrição.
Assunto Estado nutricional
Obesidade
Saúde escolar
Sobrepeso
Vigilância nutricional
Resumo Introdução: A prevalência de excesso de peso na infância e adolescência tem aumentado de forma abrupta nas últimas décadas, esse quadro já configura um problema de saúde pública, segundo a Organização Mundial da Saúde. Diversos estudos têm documentado essa transição nutricional onde são características as alterações nos padrões alimentares dos indivíduos em consequência de mudanças econômicas, sociais e demográficas - ocorrendo similarmente em países desenvolvidos e nos em desenvolvimento. É um consenso que o excesso de peso deve ser combatido precocemente, pois é um fator de risco para diversas doenças crônicas e para baixa qualidade de vida dos indivíduos. Assim, as escolas constituem espaços favoráveis para o desenvolvimento de ações de monitoramento e promoção de saúde pela Atenção Básica a Saúde, considerando que essa população de crianças e adolescentes está mais susceptível às mensagens publicitárias de indústrias de alimentos, “modismos alimentares”, falta de instrução sobre alimentação saudável, entre outros fatores. Objetivo: Identificar a prevalência de excesso de peso em escolares, pertencentes a quatro entidades de ensino estaduais de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, localizadas na área de abrangência da Unidade Básica de Saúde Santa Cecília - cadastrados no Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional - Web. Métodos: Estudo de delineamento transversal com 269 alunos de seis a dezesseis anos, no período de março a junho de 2012. As informações utilizadas para esta pesquisa foram procedentes de base de dados, preliminares, do monitoramento alimentar e nutricional, através do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional – Web, realizado pelo Laboratório de Avaliação Nutricional da UBS Santa Cecília. As variáveis analisadas foram: peso, estatura, sexo, idade e etnia. Para o diagnóstico de excesso de peso, foram utilizados os critérios e pontos de corte propostos pela Organização Mundial da Saúde, 2007. A verificação das diferenças entre prevalências foi obtida através do teste qui-quadrado (p< 0,05). Resultados: A partir das avaliações realizadas o excesso de peso foi encontrado em 33,4% dos escolares. Não houve diferenças significativas entre as variáveis avaliadas. Conclusões: A prevalência de excesso de peso foi elevada entre os escolares avaliados. Medidas públicas, de intervenção e monitoramento do estado nutricional de crianças e adolescentes são imprescindíveis - visando a mudança desse preocupante quadro.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/66677
Arquivos Descrição Formato
000868823.pdf (712.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.