Repositório Digital

A- A A+

O medo do mar e as tensões entre cristãos e normandos no relato de Dudon de Saint Quentin e suas relações com o imaginário coletivo medieval durante o ano 1000

.

O medo do mar e as tensões entre cristãos e normandos no relato de Dudon de Saint Quentin e suas relações com o imaginário coletivo medieval durante o ano 1000

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O medo do mar e as tensões entre cristãos e normandos no relato de Dudon de Saint Quentin e suas relações com o imaginário coletivo medieval durante o ano 1000
Autor Stanislososki, Maikelly
Orientador Teixeira, Igor Salomão
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Curso de História: Licenciatura.
Assunto Cristãos
Medo do mar na idade média
Normandos
[en] Fear of the sea in the middle ages
[en] Medieval normandy
[en] Normans raids
Resumo O presente trabalho tem como objetivo analisar as tensões entre os normandos das primeiras incursões escandinavas -ainda não inseridos completamente na sociedade franca- e os cristãos francos . Também se pretende analisar o medo do mar por parte dos cristãos já que a sociedade escandinava é por excelência uma sociedade dependente do mar, onde este sempre foi o modo pelo qual essa sociedade ganhava suas riquezas, seja por meio da pilhagem, do saque ou do comércio. Estas questões serão analisadas a partir da obra Gesta Normannorum de Dudon de Saint Quentin, um clérigo franco, que escreve dentro do ano 1000, período que é por si só repleto de medos.
Abstract This study purpose to analyze the tensions between the Normans from the first Scandinavian raids- still don’t introduce themselves into a Frankish society- and the Christian Franks. Also this study purpose to analyze the fear of the sea, since the Scandinavian society is par excellence a society dependent of the sea, where it has been always a way that society earned their wealth, either through pillage, sack, or trade. This issues will be analyzed based on the work Gesta Normannorum of Dodo of Saint Quentin, a Frankish cleric, who writes in the 1000’s a period that’s itself full of fears. After reviewing these issues, will become a theoretical analysis of how these fears and tensions were part of a collective medieval imaginary.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/66956
Arquivos Descrição Formato
000870075.pdf (213.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.