Repositório Digital

A- A A+

As novas tecnologias e o espaço público da cidade contemporânea

.

As novas tecnologias e o espaço público da cidade contemporânea

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título As novas tecnologias e o espaço público da cidade contemporânea
Autor Daroda, Raquel Ferreira
Orientador Marques, Enaldo Nunes
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional.
Assunto Comunicação
Espaço público
Tecnologia da informação
[en] Contemporary city
[en] Information and communication technologies
[en] Public spaces
Resumo A existência de espaços públicos abertos nas cidades permite a interação entre as pessoas, a integração entre o ambiente natural e o ambiente construído, além de serem lugares de encontro e de sociabilidade que refletem a diversidade sócio-espacial da cidade. Este trabalho aborda o espaço público aberto, enquanto ambiente construído e capaz de equilibrar as necessidades das relações sociais em cidades densamente povoadas, assim como aspectos relevantes do espaço público para a sociedade, considerando a importância destas áreas, bem como de projetos que sejam capazes de dialogar com as necessidades do homem contemporâneo, oferecendo maior possibilidade de interação com o espaço urbano. Dessa forma, torna-se necessário compreender as mudanças impostas pelas atuais tecnologias, presentes no cenário contemporâneo. A experiência espacial da vida social agora surge através de um processo complexo que combina estruturas arquitetônicas e áreas urbanas, práticas sociais e os meios de comunicação atuais. As novas tecnologias de informação e comunicação não são apenas um meio de representação, tais tecnologias recriam as experiências na cidade e tornam-se uma ferramenta para o planejamento urbano, ajudando a unir pessoas e proporcionando a troca de experiências entre os usuários em um espaço urbano híbrido. A informática, hoje, deixa o desktop e passa a estar embarcada nas calçadas, ruas, praças, etc. contribuindo para a organização da vida cotidiana em áreas urbanas e espaços públicos, bem como para a descoberta de novas práticas e interações. A computação ubíqua anuncia uma nova realidade, na qual a infra-estrutura urbana é capaz de detectar e responder a eventos e atividades, criando novas formas de identidade. A cidade contemporânea, rodeada de tecnologias de informação e comunicação, está experimentando um momento de fundamental reconfiguração dos seus espaços físicos e das relações que com eles são mantidas. As tecnologias são agora capazes de promover a apropriação do espaço público, bem como, a ação sobre questões coletivas, contribuindo para a requalificação urbana e favorecendo o uso do espaço público na cidade contemporânea.
Abstract The existing public open spaces in cities allow an interaction between people, integration between the natural and the built environment, since they are meeting places and a social communication that reflects the socio-spatial diversity of the city. This work seeks to address the public open space as the built environment base, able to balance the needs of social relationships in environments such as densely populated cities as well as relevant aspects of public space for the society, considering the importance of these areas as well new projects capable of dialoguing with the needs of contemporary man through interaction with urban spaces. Thus, it becomes necessary to understand the changes required by new technologies. The spatial experience of social life now emerges through a complex process that combines architectural structures and urban areas, social practices and the current communication media. The new information and communication technologies are not just a means of representation, such technologies recreate the experiences in the city and become a tool for urban planning, helping to bring people together and provide the exchange of experiences between users in a hybrid urban space. The computing, today, leaves the desktop and becomes embedded in the sidewalks, streets, squares, etc., contributing to the organization of everyday life in urban areas and public spaces, as well as to discover new practices and interactions. The ubiquitous computing announces a new reality in which the infrastructure is able to sense and respond to events and activities, creating new forms of identities. The contemporary city, surrounded by information and communication technologies, is experiencing a moment of fundamental reconfiguration of the physical spaces and the relationships we have with them. The technologies, are now, able to promote the appropriation of public space as well as the action on issues collectively shared, contributing to urban upgrading and promoting their use in the contemporary city.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/67063
Arquivos Descrição Formato
000872122.pdf (3.374Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.