Repositório Digital

A- A A+

Comparação eletromiográfica do exercício abdominal dentro e fora da água

.

Comparação eletromiográfica do exercício abdominal dentro e fora da água

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comparação eletromiográfica do exercício abdominal dentro e fora da água
Outro título Electromyografic comparison of abdominal exercises in and out of water
Autor Müller, Evelyn Martins
Black, Gabriela Lovis
Kruel, Luiz Fernando Martins
Hanisch, Claudia
Appell, Hans-Joachim
Resumo Este trabalho verificou a atividade elétrica dos músculos oblíquo externo, reto femoral e das porções supra-umbilical e infraumbilical do reto abdominal, durante a execução do exercício abdominal “sit up” em terra e água, em velocidade padrão e máxima. A amostra foi composta por 20 mulheres com idade entre 21 e 29 anos. A atividade elétrica foi medida com eletrodos de superfície. Para a normalização da amplitude do sinal foi utilizado o valor do root mean square (RMS). Para a análise estatística utilizou-se o teste de normalidade de Shapiro-Wilk e a ANOVA a três fatores. Os resultados demonstraram que o exercício na velocidade máxima, realizado em terra e no meio líquido, apresentou uma atividade EMG maior que o exercício realizado na velocidade padrão, com exceção do reto femoral. Ao analisar a fase ascendente no exercício aquático na velocidade máxima, observa-se que o reto abdominal e o oblíquo externo demonstraram uma atividade EMG tão eficiente quanto o mesmo exercício em terra. Demostrando, com isso, que a instabilidade da posição horizontal e a resistência ao movimento compensam a diminuição do peso hidrostático. O mesmo comportamento não ocorre na velocidade padrão.
Abstract The electric activity of the obliqus externus abdominis, rectus femoris and the upper and lower portions of the rectus abdominis muscles were monitored during the “sit up” exercise in two different conditions land and water. Twenty women aged 21-29 year were studied. The electric activity was measured with surface electrodes. The value root mean square (RMS) of the ascending phase of this exercise was used for the normalization of the signal amplitude that was collected during the other variations of speed and conditions. The exercise was performed in a standard rhythm and at maximum speed. For each muscle, ANOVA was used for the factors phase, speed, and condition. The Shapiro-Wilk test of normality was applied. When the exercise was performed at maximum speed, the observed EMG activity was stronger than at standard speed, both in water and on land. The EMG activity of the rectus femoris at maximum speed in water was lower than on land. When analyzing the ascending phase in water at maximum speed, the abdominal muscles showed as much as EMG on land. These results demonstrate that the instability of the horizontal position and the resistance against the movement compensate the reduction of the weight by the effect hydrostatic pressure when the exercise is executed at maximum speed. The same pattern did not occur at standard speed.
Contido em Revista portuguesa de ciências do desporto. Vol. 5, n. 3 (set. 2005), p. 255-265
Assunto Eletromiografia
Músculos abdominais
Velocidade
[en] Abdominal muscles
[en] Electromyography
[en] Land
[en] Velocity
[en] Water
Origem Estrangeiro
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/67112
Arquivos Descrição Formato
000683569.pdf (316.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.