Repositório Digital

A- A A+

Biblioteca universal : críticas de autores da antiguidade sobre o ideal de acumulação do conhecimento na Biblioteca de Alexandria

.

Biblioteca universal : críticas de autores da antiguidade sobre o ideal de acumulação do conhecimento na Biblioteca de Alexandria

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Biblioteca universal : críticas de autores da antiguidade sobre o ideal de acumulação do conhecimento na Biblioteca de Alexandria
Autor Rosa, Nicoll Siqueira da
Orientador Marshall, Francisco
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Curso de História: Licenciatura.
Assunto Antiguidade
Biblioteca universal
Conhecimento
Museu
[en] Alexandria
[en] Fire
[en] Information
[en] Knowledge
[en] Library
[en] Museum
[en] Universal library
Resumo O presente trabalho tem o intuito de preencher uma lacuna nos estudos a respeito da Biblioteca de Alexandria, centro cultural financiado pela Dinastia Ptolemaica no Egito entre os séculos III a.C. e VII d.C. Por meio da análise de escritos da Antiguidade e da Contemporaneidade, pretende relacionar o objetivo básico da instituição, a saber, a acumulação de livros visando aumentar o prestígio dos faraós que a financiavam e mantinham, com as concepções de comunicação e conhecimento intrínsecas aos seus discursos, demonstrando o quanto críticas à Biblioteca foram desprezadas em detrimento das perdas sofridas pelo centro em um incêndio ocorrido em 48 a.C.. Tenciona, ainda, ressaltar o fato de que estas perdas do acervo, ainda que os autores não estejam de acordo com relação à quantidade delas, são sempre narradas e discutidas na bibliografia atual a respeito, deixando pouco ou nenhum espaço para as narrativas dos autores que problematizam o funcionamento da instituição, de modo a constatar que sua política de acumulação de conhecimento nem sempre foi bem aceita.
Abstract This work intends to fulfill a gap in the studies concerning the Library of Alexandria, a cultural centre financed by the Ptolemaic Dynasty in Egypt between the III century BC and the VII century AD. By analysing both ancient and contemporary writings, it seeks to relate the institution's basic objective, namely the accumulation of books aiming to increase the prestige of the pharaohs who financed and maintained it, to the conceptions of communication and knowledge inherent to their discourses, demonstrating how criticism to the Library was disregarded in sight of the losses suffered by the centre in a fire in 48 BC. It also means to highlight the fact that these collection losses, though authors do not always agree on their numbers, are always narrated and discussed in the current bibliography, leaving little to no room for the accounts of authors intending to problematise the institution's operation and thus find that its knowledge accumulation policy has not always been well accepted.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/67202
Arquivos Descrição Formato
000872667.pdf (851.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.