Repositório Digital

A- A A+

O posto de psicopatas de Porto Alegre (1928-1938)

.

O posto de psicopatas de Porto Alegre (1928-1938)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O posto de psicopatas de Porto Alegre (1928-1938)
Autor Faturi, Fábio Rosa
Orientador Pinto, Celi Regina Jardim
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Curso de História: Licenciatura.
Assunto Instituições psiquiátricas
Loucura
Porto Alegre (RS)
[en] Madness
[en] Posto de psicopatas
Resumo Assistiu-se na década de 1920 no estado do Rio Grande do Sul uma série de transformações conduzidas pela Psiquiatria. Consolidada como o saber legítimo sobre a loucura procurava neste contexto refinar seu aparato institucional, buscando maiores possibilidades de intervir na sociedade. Decorrente desta busca, o Posto de Psicopatas de Porto Alegre (PPPA) foi criado em 1928. O presente trabalho toma este Posto como objeto de análise, e, utiliza como fonte os Relatórios da Diretoria de Assistência Pública da Intendência de Porto Alegre (RDAP), no período compreendido entre os anos 1928 e 1938, momento em que o PPPA manteve-se em funcionamento. Pretende-se estabelecer o público atendido por este Posto, a articulação deste com outras instituições psiquiátricas no período e as modificações na apreensão do termo que dá nome ao Posto, psicopata.
Abstract It is noticed in 1920s in the state of Rio Grande do Sul a series of transformations conducted by psychiatry. Consolidated as legitimate knowledge about madness looking for in this context refine your institutional apparatus, searching greater opportunities to intervene in society. Resulting from this search, the Posto de Psicopatas de Porto Alegre (PPPA) was created in 1928. The present work take this as object of analysis, and used as the source the Relatórios da Diretoria de Assistência Pública da Intendência de Porto Alegre (Reports of the Board of Public Assistance in Porto Alegre), in the period between in the years 1928 and 1938, moment that PPPA maintained in operation. Intended establish the public assisted by this Posto, the articulation this with other psychiatric institutions in the period and the modifications in sense of the term that names the Posto, psychopath.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/67214
Arquivos Descrição Formato
000872617.pdf (526.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.