Repositório Digital

A- A A+

O signo da liberdade e a execução do estado : o pensamento neoliberal por meio do Fórum da Liberdade de Porto Alegre (1988-1993)

.

O signo da liberdade e a execução do estado : o pensamento neoliberal por meio do Fórum da Liberdade de Porto Alegre (1988-1993)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O signo da liberdade e a execução do estado : o pensamento neoliberal por meio do Fórum da Liberdade de Porto Alegre (1988-1993)
Autor Pires, Cassio Felipe de Oliveira
Orientador Wasserman, Claudia
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História.
Assunto Elite política
Fórum da Liberdade (
História do pensamento político
Historia dos conceitos
História econômica
História política
Instituto de Estudos Empresariais.
Liberdade
Neoliberalismo
Nova república
[en] Concept of liberty
[en] Conceptual history
[en] Entrepreneur political agency in brazilian new republic
[en] Neoliberalism
[en] Organic elite
Resumo Essa pesquisa analisou os sentidos do conceito de liberdade difundidos pelo Fórum da Liberdade de Porto Alegre no período de 1988 a 1993, isto é, durante as primeiras seis edições do encontro que é anual. Organizado pelo Instituto de Estudos Empresariais (IEE), instituição voltada à formação de lideranças empresariais, o Fórum revelou-se como um espaço privilegiado para a compreensão do neoliberalismo e do perfil relativamente novo de atuação de uma “elite orgânica” durante o período da Nova República (1985 – ). Por meio de aspectos teórico-metodológicos da História dos Conceitos alemã de Reinhart Koselleck e da História do Pensamento Político de Quentin Skinner, foi possível perceber a centralidade política do conceito em questão. “Liberdade” foi um instrumento indispensável para a tradução da necessidade econômica neoliberal e para a difusão de um estímulo de predisposição à luta política pelos discursos realizados no Fórum. Desse modo, o conceito de liberdade disseminado relacionou eventos e processos históricos coetâneos a uma projeção específica e limitada de futuro proposta pelo neoliberalismo, configurando-se em elemento discursivo indispensável para a imposição dessa expectativa.
Abstract This research has analyzed the meanings of the concept of liberty put forth by the Fórum da Liberdade of Porto Alegre in the period from 1988 to 1993, in other words, during the six firsts editions of that annual encounter. Organized by the Instituto de Estudos Empresariais (IEE), an institution dedicated to the formation of entrepreneurial leadership, the Fórum became a privileged space for the understanding of neoliberalism and the relatively new operational profile of an “organic elite” in the Brazilian New Republic. Using theoretical and methodological aspects from Reinhart Koselleck‟s Germanic Conceptual History and Quentin Skinner‟s History of Political Thought, it was possible to identify the political centrality of the studied concept. “Liberty” was an indispensable instrument for the translation of neoliberal economic needs and for the propagation of a stimulus to the predisposition for political struggle by the Fórum speeches. In this manner, the concept of freedom disseminated by the Fórum conected historical events and processes to a specific and limited projection of future, becoming an imperative discursive aspect for the impositition of this expectation.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/67272
Arquivos Descrição Formato
000872805.pdf (1.542Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.