Repositório Digital

A- A A+

Monitorização seqüencial do transplante renal com citologia aspirativa

.

Monitorização seqüencial do transplante renal com citologia aspirativa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Monitorização seqüencial do transplante renal com citologia aspirativa
Outro título Aspiration citology in the sequential monitorization of kidney allografts
Autor Manfro, Roberto Ceratti
Gonçalves, Luiz Felipe Santos
Moura, Luiz Antonio Ribeiro de
Resumo OBJETIVO. Avaliar a utilidade da citologia aspirativa renal convencional na monitorização seqüencial da rejeição aguda de transplantes renais. MATERIAL E MÉTODO. 376 punções aspirativas renais em 30 pacientes transplantados. Os diagnósticos das situações clínicas em que as aspirações foram feitas foram estabelecidos de maneira independente. RESULTADOS. Na avaliação seqüencial “cega” obteve- se 82,7% de representatividade das amostras. Encontraram-se aumentos significativos do incremento corrigido total (ICT) e dos números de células imunoativadas por lâmina nos episódios de rejeição aguda quando comparados aos valores obtidos durante os períodos de função estável do enxerto, necrose tubular aguda e nefrotoxicidade por ciclosporina. Os parâmetros diagnósticos para rejeição aguda foram: sensibilidade: 71,8%; especificidade: 87,3%; valor preditivo positivo: 50,9%; valor preditivo negativo: 94,4%; e acurácia: 84,9%. Os resultados falsos-positivos para rejeição foram devidos, principalmente, a infecção citomegálica ou subseqüentes ao uso de OKT3 para tratamento de episódios de rejeição aguda celular. Em 10 dos 11 resultados falsos-negativos, encontrou-se o diagnóstico de imunoativação incipiente, que deve ser considerado como um alerta para a possibilidade de rejeição aguda. CONCLUSÕES. A citologia aspirativa renal é um método útil na monitorização seqüencial da rejeição aguda no paciente transplantado renal. Os melhores resultados são obtidos quando os dados da citologia aspirativa são interpretados juntamente com o quadro clínico.
Abstract OBJECTIVE. To evaluate the utility of kidney aspiration cytology in the sequential monitorization of acute rejection in renal transplant patients. PATIENTS AND METHODS. Thirty patients were submitted to 376 aspirations. The clinical diagnoses were independently established. RESULTS. The representativity of the samples reached 82.7%. The total corrected increment index and the number of immunoactivated cells were higher during acute rejection as compared to normal allograft function, acute tubular necrosis, and cyclosporine nephrotoxicity. The parameters to the diagnosis of acute rejection were: sensitivity: 71.8%, specificity: 87.3%, positive predictive value: 50.9%, negative predictive value: 94.9% and accuracy 84.9%. The false positive results were mainly related to cytomegalovirus infection or to the administration of OKT3. In 10 out of 11 false negative results incipient immunoactivation was present alerting to the possibility of acute rejection. CONCLUSIONS. Kidney aspiration cytology is a useful tool for the sequential monitorization of acute rejection in renal transplant patients. The best results are reached when the results of aspiration cytology are analyzed with the clinical data.
Contido em Revista da Associação Médica Brasileira. São Paulo. Vol. 44, n. 2 (abr./jun. 1998), p. 87-93
Assunto Citodiagnóstico
Rejeição de enxerto
Transplante de rim
[en] Acute rejection
[en] Aspiration cytology
[en] Renal transplantation
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/67317
Arquivos Descrição Formato
000164529.pdf (48.00Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.