Repositório Digital

A- A A+

A influência do turno de trabalho em pacientes com diabetes mellitus tipo 2

.

A influência do turno de trabalho em pacientes com diabetes mellitus tipo 2

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A influência do turno de trabalho em pacientes com diabetes mellitus tipo 2
Outro título The influence of the work shift in patients with type 2 diabetes
Autor Rodrigues, Ticiana da Costa
Canani, Luis Henrique Santos
Resumo OBJETIVOS. O objetivo deste estudo foi investigar a relação entre trabalho em turnos e pacientes diabéticos tipo 2. MÉTODOS. Um estudo transversal foi realizado em uma coorte de 95 pacientes diabéticos que trabalham no Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Os pacientes foram divididos em dois grupos de acordo com o turno de trabalho noturno e diurno. Os pacientes foram submetidos à avaliação clínica e laboratorial. RESULTADOS. Não houve diferença significativa em relação à idade, sexo, duração do diabetes, índice de massa corporal, glicemia de jejum, teste A 1c, triglicerídeos, colesterol total, LDL colesterol, HDL colesterol, creatinina sérica e ácido úrico. Maior média de circunferência abdominal foi encontrada no grupo de trabalhadores noturnos. CONCLUSÃO. A circunferência abdominal foi mais elevada no grupo de trabalhadores noturnos. Isto pode ser um indicativo de maior resistência insulínica neste grupo de pacientes. Nossa pesquisa indica que o trabalho em turnos não esta associado com piora no controle metabólico em indivíduos diabéticos, nem com a presença de nefropatia diabética.
Abstract OBJECTIVE. This study aimed to investigate the relationship between the work shift and diabetic patients. METHODS. A cross-section study was performed in a cohort of 95 type 2 diabetic patients that work in the Hospital de Clinicas de Porto Alegre. Patients were divided into 2 groups according to the shift, day or night work. Patients underwent clinical and laboratory evaluations. RESULTS. There were no significant differences in age, gender, diabetes duration, body mass index, blood pressure, fasting glucose, A 1c (1%), triglycerides, total cholesterol, LDL cholesterol, HDL cholesterol, serum creatinine and uric acid. A higher average of waist circumference was found in the group of night workers. CONCLUSION. Waist circumference was greater in the group of night workers; which may be indicative of insulin resistance in this group of patients. Our research indicates that the shift is not associated with a worsening of metabolic control in subjects or presence of diabetic nephropathy.
Contido em Revista da Associação Médica Brasileira. São Paulo. Vol. 54, n. 2 (mar./abr. 2008), p. 160-162
Assunto Circunferência abdominal
Diabetes mellitus tipo 2
Estudos de coortes
Estudos transversais
Hospital de Clínicas de Porto Alegre
Humanos
Metabolismo
Trabalho em turnos
[en] Metabolic control
[en] Shift work
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/67340
Arquivos Descrição Formato
000656412.pdf (53.02Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.