Repositório Digital

A- A A+

Perfil do câncer de próstata no Hospital de Clínicas de Porto Alegre

.

Perfil do câncer de próstata no Hospital de Clínicas de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Perfil do câncer de próstata no Hospital de Clínicas de Porto Alegre
Outro título Profile of prostate cancer at the general hospital of Porto Alegre
Autor Dini, Leonardo Infantini
Koff, Walter Jose
Resumo OBJETIVO. Determinar as características do adenocarcinoma prostático em um programa de rastreamento voluntário realizado no Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Métodos. Durante cinco anos consecutivos, 3.056 pacientes foram submetidos a um estudo transversal com o objetivo de determinar a prevalência e características do câncer de próstata na amostra. Foram biopsiados os pacientes com PSA = 4 ng/ml e /ou toque retal alterado. Para a análise estatística foi utilizado o teste qui-quadrado com nível de significância de p < 0,05. RESULTADOS. A prevalência do câncer de próstata foi de 2,61%, sendo crescente com o aumento da idade. A taxa de positividade do PSA apresentou uma sensibilidade e especificidade do PSA foram, respectivamente, 93,8% (IC = 85,4% a 97,7%) e 82,5% (IC = 81,1% a 83,8%), utilizando como ponto de corte do PSA o valor de 4ng/ml. O toque retal apresentou sensibilidade de 60% (IC = 48,4% a 70,6%) e especificidade 83,5 % (IC = 81,9% a 84,6%). O número de biópsias realizadas para se diagnosticar um paciente com câncer de próstata foi de 11,9 e variou conforme a faixa etária. No estadiamento clínico, 51,3% dos pacientes eram T1C e 83,75% dos tumores estavam clinicamente confinados ao órgão. CONCLUSÃO. Programas de rastreamento de câncer de próstata em nosso meio são exeqüíveis e permitem diagnosticar com freqüência pacientes com neoplasia confinada ao órgão.
Abstract OBJECTIVES. To describe prevalence and features of prostate cancer in the sample. METHODS. A five year long voluntary screening program was carried out in the “Hospital das Clínicas de Porto Alegre” with the participation of 3,056 patients in a cross sectional study. For statistical analysis the chi square test was used, considering a significance level of p<0.05 RESULTS. Mean age of the sample was of 60.4 years and prevalence of prostate cancer was of 2.61%, increasing with age. Sensitivity and specificity of PSA were respectively 93.8% (CI=85.4% to 97.7%) and 82.5% (CI = 81.1% to 83.8%), considering 4 ng/ml as the cut-off point for PSA. Rectal examination had a sensitivity of 60% (CI = 48.4% to 70.6%) and a specificity of 83.3% (CI = 81.9% to 84.6%) The number of biopsies performed for the diagnosis of a patient with prostate cancer was 11.9 and varied according to age. As for clinical staging, 51.3% of patients were T1C and 83.75% of the tumors were clinically confined to the organ. CONCLUSION. Screening programs can be performed in our environment and direct to a frequent diagnosis of patients with prostate cancer confined to the organ.
Contido em Revista da Associação Médica Brasileira. São Paulo. Vol. 52, n. 1 (jan./fev. 2006), p. 28-31
Assunto Adenocarcinoma
Hospital de Clínicas de Porto Alegre
Neoplasias da próstata
Próstata
[en] Prostate
[en] Prostate cancer
[en] Screening
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/67346
Arquivos Descrição Formato
000725867.pdf (76.36Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.