Repositório Digital

A- A A+

Processo penal de emergência e delação premiada : a involução trazida pelo fenômeno emergencial ao processo penal brasileiro e a adoção da delação premiada nesse contexto

.

Processo penal de emergência e delação premiada : a involução trazida pelo fenômeno emergencial ao processo penal brasileiro e a adoção da delação premiada nesse contexto

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Processo penal de emergência e delação premiada : a involução trazida pelo fenômeno emergencial ao processo penal brasileiro e a adoção da delação premiada nesse contexto
Autor Machado, Jaciara Eliete dos Santos
Orientador Knijnik, Danilo
Co-orientador Scalcon, Raquel Lima
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Direito. Curso de Ciências Jurídicas e Sociais.
Assunto Garantias processuais
Processo penal
[en] Constitutional guarantees
[en] Criminal process
[en] Emergency
[en] Plea bargaining
[en] Social outcry
Resumo Este estudo tem por objetivo analisar como o fenômeno da emergência ganha legitimação no Brasil, a ponto de provocar involuções no processo penal, o qual deixa de se guiar pelos princípios constitucionais informadores. Para tanto, analisa-se a influência do clamor social e da mídia sobre os Poderes Públicos, os quais passam a dar respaldo aos anseios da população na elaboração e interpretação de dispositivos normativos que diminuam garantias processuais. Nesse contexto, são adotadas medidas processuais excepcionais para processar, condenar e punir. O campo probatório torna-se grande alvo deste fenômeno, na medida em que suprime garantias processuais como forma de combater a criminalidade com mais eficiência e celeridade. Com este objetivo, a delação premiada, prática que fere inúmeros princípios processuais constitucionais, passa a ser utilizada no Brasil na ausência de parâmetros legais para sua aplicação, uma vez que os dispositivos legais vigentes em nada refletem a prática dos acordos de delação premiada hoje utilizados.
Abstract This study aims to analyze how the phenomenon of emergency gains legitimacy in Brazil, to the point of causing involutions in the criminal procedure, which stops being guided by constitutional principles. For this, we analyze the influence of social outcry and the mass media over public authorities, which start responding to the populations’ demands by elaborating and interpreting law resources in a way that reduces procedural guarantees. In this context, exceptional measures are adopted for processing, condemning and punishing. Evidences become a great target of this phenomenon, since they eliminate procedural guarantees as a manner of fighting crime more efficiently and promptly. With this objective, plea bargaining, a practice that violates several constitutional procedure principles, starts to be used in Brazil without legal parameters for its application, since the law resources that exist do not reflect currently used plea bargaining agreements.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/67375
Arquivos Descrição Formato
000871967.pdf (1.321Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.