Repositório Digital

A- A A+

A urbanização do Rio de Janeiro na República Velha : uma análise criminológica da "vagabundagem" a partir da obra de Evaristo de Moraes

.

A urbanização do Rio de Janeiro na República Velha : uma análise criminológica da "vagabundagem" a partir da obra de Evaristo de Moraes

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A urbanização do Rio de Janeiro na República Velha : uma análise criminológica da "vagabundagem" a partir da obra de Evaristo de Moraes
Autor Melero, Dante Lisandro Oliveira
Orientador Knijnik, Danilo
Co-orientador Alimena, Carla Marrone
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Direito. Curso de Ciências Jurídicas e Sociais.
Assunto Criminologia : Brasil : Historia
Urbanização : Rio de Janeiro (RJ)
[es] La criminología
[es] La policía
[es] La urbanización
[es] La vagancia
[es] Moraes, Evaristo de
[es] República Vieja
Resumo A presente monografia aborda o processo de urbanização da cidade do Rio de Janeiro no espaço temporal da chamada “República Velha”. O foco central esteve sobre a “vagabundagem”, fenômeno apropriado pela ótica burguesa, naquele momento de capitalismo incipiente, como o grande inimigo a ser combatido. Constatamos, para além do racismo e do etnocentrismo – componentes indiscutíveis presentes nas transformações planejadas, a edificação de um ideário modernizante, difundido nos campos políticos e econômicos, mesclado com a sobrevivência e intensificação, na esfera social, de práticas abusivas contra a cidadania; observa-se, ratificando tal tendência, o aparato policial e a repressora legislação penal funcionando como instrumentais básicos para garantir a dominação sobre o trabalhador. Neste cenário, procuramos verificar quais foram as linhas interpretativas aventadas pelo discurso criminológico para acolher a realidade social apresentada. Concretizamos esta aproximação por intermédio dos conceitos e análises encontrados na obra de Evaristo de Moraes, sendo que, ao cabo, notamos uma identificação deste autor com os preceitos da ciência positivista, marcadamente por conta dos determinismos, das tipologias e das relações de causalidade presentes nos seus estudos acerca da “vagabundagem”. Por fim, estivemos amparados nos referenciais teóricos da criminologia crítica, visando melhor compreender os limites da perspectiva liberal, da qual Evaristo de Moraes não logrou escapar, apesar de disseminar ideias bastante progressistas para o seu tempo.
Resumen La monografía que sigue analiza el proceso de urbanización de la ciudad de Rio de Janeiro en el periodo conocido en Brasil como República Vieja. El enfoque central fue la "vagancia", fenómeno apropiado por la óptica burguesa, en aquél momento del capitalismo inicial, como el gran enemigo a combatir. Constatamos más allá del racismo y del etnocentrismo - componentes indiscutibles presentes en la transformación - la construcción de una ideología modernizadora, desarrollados en las esferas política y económica, mezclada con la sobrevivencia y la intensificación, en el ámbito social, las prácticas abusivas en contra de la ciudadanía; vemos, lo que confirma esta tendencia, el aparato policial y el funcionamiento represivo del derecho penal como instrumentos básicos para garantizar la dominación sobre el trabajador. En este escenario, miramos que las líneas fueron por el discurso criminológico interpretativo para dar cabida a la realidad social existente. Completamos este enfoque por medio de conceptos y análisis en la obra de Evaristo de Moraes, y, al final, este autor observó una identificación con los preceptos de la ciencia positivista, sobre todo a causa del determinismo, de tipologías y relaciones causales presentes en sus estudios de "vagancia”. Para cerrar, se apoyaron en la crítica criminología teórica, con el objetivo de comprender mejor los límites de la perspectiva liberal, que Evaristo de Moraes no pudo escapar mismo que consiguió difundir ideas muy progresistas para su época.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/67439
Arquivos Descrição Formato
000872516.pdf (407.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.