Repositório Digital

A- A A+

Consciência ambiental, hábitos e expectativas de consumidores de Feira Ecológica de Porto Alegre

.

Consciência ambiental, hábitos e expectativas de consumidores de Feira Ecológica de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Consciência ambiental, hábitos e expectativas de consumidores de Feira Ecológica de Porto Alegre
Autor Nascimento, Julia Cordova do
Orientador Barcellos, Marcia Dutra de
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Administração.
Assunto Agricultura sustentável
Consciência ambiental
Consumo consciente
Produtos orgânicos
Resumo A presente pesquisa tem por objetivo geral conhecer a consciência ambiental, os hábitos e as expectativas dos frequentadores de feiras ecológicas de Porto Alegre. Foi realizada pesquisa quantitativa junto a 100 frequentadores da feira ecológica mais antiga de Porto Alegre, escolhidos por conveniência. Para a coleta dos dados foi adaptado instrumento utilizado em pesquisa anterior (NASCIMENTO et al., 2010), que aborda aspectos sobre a percepção do sujeito de pesquisa em relação às condições de limpeza, poluição, trânsito, violência, miséria e oferta de produtos ecológicos em Porto Alegre, bem como quais as suas expectativas com relação a essas questões para o ano de 2020. O instrumento também investiga hábitos sustentáveis dos entrevistados relacionados ao consumo consciente, economia de recursos naturais e responsabilidade socioambiental. As análises realizadas foram descritiva, com distribuição de frequências e cálculo das médias e desvios padrões; ANOVA one-way com post-hoc de Tukey para comparar os escores entre os grupos; teste qui-quadrado de Pearson para avaliar a associação entre as variáveis categóricas e teste da correlação de Spearman para avaliar a associação entre os escores e as variáveis categóricas ordinais. O nível de significância estatística considerado foi de 5% (p ≤ 0,05). A maioria dos participantes da pesquisa é do sexo feminino, idade entre 45 e 64 anos, escolaridade superior ou mais e renda familar acima de R$ 5.000,00. Os sujeitos pesquisados apresentam hábitos sustentáveis no âmbito doméstico e praticam ações sustentáveis que visam ao uso responsável dos recursos naturais, sendo que o escore de hábitos sustentáveis tem aumento diretamente proporcional ao aumento da idade e inversamente proporcional à renda dos participantes. Os sujeitos estão insatisfeitos com as condições socioambientais de Porto Alegre, especialmente em relação ao trânsito, à violência e à miséria nas ruas, mas muitos não tem opinião formada sobre como serão essas condições em 2020. Os frequentadores da feira ecológica apresentam comportamento mais responsável frente às questões socioambientais quando comparados aos participantes de pesquisa realizada em 2010 com moradores de Porto Alegre. Conclui-se que os freqüentadores da feira ecológica se diferenciam da população em geral no que se refere a hábitos e comportamentos sustentáveis, percebem a cidade com uma série de problemas em relação à sustentabilidade e não têm certeza se estes problemas serão solucionados nos próximos anos.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/67461
Arquivos Descrição Formato
000868385.pdf (407.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.