Repositório Digital

A- A A+

OHL Brasil sob a ótica fundamentalista

.

OHL Brasil sob a ótica fundamentalista

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título OHL Brasil sob a ótica fundamentalista
Autor Lucas, Karinne Kopp
Orientador Kloeckner, Gilberto de Oliveira
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Administração.
Assunto Análise financeira
Empresa
Fluxo de caixa
Métodos de avaliação
Resumo Este trabalho tem o objetivo de averiguar qual é o preço justo das ações da empresa de concessões de rodovias, OHL Brasil, sob a ótica fundamentalista através da análise financeira e de outros aspectos relevantes, e comparar com o preço de mercado a fim de verificar se suas ações representam uma boa oportunidade de investimento. O cálculo do preço justo pressupõe que o mercado não é totalmente eficiente na precificação de ações e é utilizado por corretoras e investidores na busca de boas oportunidades de investimento através da aquisição de ativos subprecificados. No decorrer deste estudo será calculado o potencial de valorização da empresa com base na projeção dos fluxos de caixa até o vencimento do último contrato de concessão de rodovias da empresa, em 2033. Também será feita uma estimativa do preço justo a ser pago pelas ações ordinárias da OHL Brasil, a fim de verificar se estas ações podem ser consideradas um investimento lucrativo.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/67462
Arquivos Descrição Formato
000868390.pdf (596.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.