Repositório Digital

A- A A+

Oportunidades políticas e repertórios de ação : o movimento negro e a luta de combate a discriminação racial no Brasil

.

Oportunidades políticas e repertórios de ação : o movimento negro e a luta de combate a discriminação racial no Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Oportunidades políticas e repertórios de ação : o movimento negro e a luta de combate a discriminação racial no Brasil
Autor Leitão, Leonardo Rafael Santos
Orientador Silva, Marcelo Kunrath
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Sociologia.
Assunto Brasil
Discriminação racial
Institucionalização
Movimento negro
Movimentos sociais
Oportunidades
Política
[en] Black movement
[en] Political opportunities
[en] Social movements
Resumo A tese trabalha com uma questão ainda pouco explorada ou explorada de forma pouco satisfatória pelas ciências sociais brasileiras: a relação dos movimentos sociais com a política institucional. Afirmamos que há, na tradição brasileira dos estudos sobre os movimentos sociais, uma tendência a compreender os movimentos sociais a partir da sua relação de oposição ao estado e, mais amplamente, à política institucional. O argumento central deste trabalho, que procuramos sustentar a partir de uma narrativa histórica sobre um movimento social específico no cenário político brasileiro, o movimento negro, é a de que o conflito dos movimentos sociais com o estado não significa ausência de relação entre eles. No caso do movimento negro, demostramos que há uma tendência a institucionalização de suas demandas através do trânsito institucional de militantes entre esferas estatais e esferas do próprio movimento, mediada por partidos políticos. A institucionalização do movimento inicia na década de 1980 com as transformações na estrutura de oportunidades políticas causadas pela democratização do país e intensifica-se nos anos 1990, quando militantes negros passam a ocupar posições no governo federal que lhes permitem pautar, na agenda política brasileira, demandas históricas do movimento negro. A tese, portanto, contribui na ampliação do debate acerca das relações entre os movimentos sociais e a institucionalidade, ampliando as possibilidades de interpretação de uma forma de relação que, ao que tudo indica, demonstra sinais de intensificação.
Abstract The thesis works with an even slightly explored or exploited so unsatisfactory in Brazilian social sciences: the relationship of social movements to institutional policy. We affirm that there is, in the tradition of Brazilian studies on the social movements, a tendency to understand the social movements from its oppositional relation to the state and, more broadly, to institutional policy. The central argument of this thesis, which we seek support from a historical narrative about a social movement in specific political scene, the black movement, is that the conflict of social movements with the state does not mean no relationship between them. In the case of the black movement, we demonstrate that there is a tendency to institutionalize their demands through the institutional transits of militants between state sectors and spheres of the movement itself, mediated by political parties. The institutionalization of the movement started in the 1980s with the changes in the structure of political opportunities caused by the democratization of the country and intensified in the 1990s when black militants are taking up positions in the federal government that allow them to be guided in the Brazilian political agenda historical demands of the black movement. The thesis therefore contributes in expanding the debate.the relationship between social movements and institutions, expanding the possibilities of interpreting a form of relationship that, to all appearances, shows signs of intensifying.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/67503
Arquivos Descrição Formato
000873286.pdf (1.958Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.