Repositório Digital

A- A A+

O processo de fusão Drogasil S.A. e Droga Raia S.A. : um estudo sobre valorização e sinergias

.

O processo de fusão Drogasil S.A. e Droga Raia S.A. : um estudo sobre valorização e sinergias

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O processo de fusão Drogasil S.A. e Droga Raia S.A. : um estudo sobre valorização e sinergias
Autor Ely, Rafael da Silva
Orientador Lamb, Roberto
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Administração.
Assunto Acionistas
Fusão de empresas
Retorno financeiro
Resumo Este trabalho tem por objetivo apresentar um estudo sobre o retorno gerado ao acionista após o evento de fusão entre duas companhias do mercado varejista farmacêutico. Para tanto, foi realizado um estudo empírico, para verificar se os acionistas das empresas obtiveram retornos positivos e, consequentemente, sua riqueza aumentada após o processo de união empresarial. Inicialmente, é apresentado o referencial teórico sobre o tema Fusões e Aquisições, o conceito de sinergia, bem como a legislação que regula este tema. Após, apresenta-se a Teoria da Firma e da Agência que serve de base para explicar os processos de F&A, bem como os motivos para as Fusões e Aquisições. Encerra-se o referencial teórico com um panorama destes eventos no mercado brasileiro e no mercado farmacêutico brasileiro. Na parte prática do estudo, calculou-se o retorno gerado ao acionista, utilizando-se de dados de cotações diárias e do índice IBOVESPA, retirados do software Economática. A técnica utilizada para verificação do retorno gerado ao acionista foi o Estudo de Evento. O período analisado foi de seis meses anteriores e seis meses posteriores ao evento. Através destes dados foi possível, também, estudar a mudança da percepção do risco da ação pelo mercado após o evento de fusão. Verificou-se, também, o surgimento de sinergias operacionais decorentes deste processo, através da análise dos principais indicadores das companhias, publicados nos releases de resultados trimestrais das empresas. Concluiu-se que, de maneira geral, os retornos obtidos pelos acionistas no curto prazo são positivos, permitindo-os aumentar sua riqueza. O risco sistemático também obteve melhora após o processo, bem como constatou-se a criação de sinergias operacionais com a criação da nova companhia.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/67534
Arquivos Descrição Formato
000867830.pdf (1.535Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.