Repositório Digital

A- A A+

Financiamento público e gestão financeira em saúde nas microrregiões da Campanha Ocidental e Gramado e Canela/RS, 2008-2010

.

Financiamento público e gestão financeira em saúde nas microrregiões da Campanha Ocidental e Gramado e Canela/RS, 2008-2010

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Financiamento público e gestão financeira em saúde nas microrregiões da Campanha Ocidental e Gramado e Canela/RS, 2008-2010
Autor Quadros, Aline Fernandes de
Orientador Rosa, Roger dos Santos
Data 2012
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Especialização em Gestão em Saúde UAB.
Assunto Economia da saúde
Financiamento em saúde
Orçamento público
Resumo O presente estudo analisa as características orçamentárias do gasto público em saúde nas microrregiões da Campanha Ocidental e Gramado-Canela do estado do Rio Grande do Sul no período de 2008-2010. Foram utilizados dados oficiais de domínio público. As informações para construção da caracterização das microrregiões mencionadas foram encontradas no site da Fundação de Economia e Estatística do Rio Grande do Sul (FEE/RS) e a fonte dos dados sobre população e área dos municípios de cada microrregião retirados no site do Ministério da Saúde na Sala de Situação em Saúde. Os dados para confecção das tabelas da seção “Apresentação dos dados e discussão” referente a cada município nos anos 2008-2010 para cálculo da média desse período foram extraídos do Sistema de Informações de Orçamentos Públicos em Saúde (SIOPS). Ao investigar os objetivos específicos propostos no trabalho concluímos que as duas microrregiões estudadas dependem das transferências constitucionais e legais para realização das ações e serviços de saúde; evidenciam a pequena participação das transferências do estado comparada as significativas transferências da União; que os municípios com baixa receita de imposto líquida aparecem com significativa aplicação de recursos próprios em saúde; as duas microrregiões cumpriram com o exigido pela Emenda Constitucional nº 29/2000; nas duas microrregiões o valor médio por habitante de recursos próprios da esfera municipal é aproximadamente o dobro do valor médio de recursos transferidos de outras esferas de governo e há prioridade na alocação de recursos na subfunção orçamentária Atenção Básica nas duas microrregiões em detrimento das subfunções Suporte Profilático e Terapêutico, Vigilância Sanitária, Vigilância Epidemiológica e Alimentação e Nutrição; dentre outras conclusões.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/67667
Arquivos Descrição Formato
000869834.pdf (739.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.