Repositório Digital

A- A A+

Construir possibilidades: a rede de atenção à saúde mental à população da Terra Indígena Guarita/RS

.

Construir possibilidades: a rede de atenção à saúde mental à população da Terra Indígena Guarita/RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Construir possibilidades: a rede de atenção à saúde mental à população da Terra Indígena Guarita/RS
Autor Furini, Fernanda
Orientador Reis, Roberta Alvarenga
Data 2012
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Especialização em Gestão em Saúde UAB.
Assunto Atenção à saúde
Políticas públicas
Saúde indígena
Saúde mental
Resumo O presente estudo se propõe a construir possibilidades, uma rede de atenção à saúde mental à população da Terra Indígena Guarita/RS. O objetivo deste trabalho é propor à organização do fluxo da rede de atenção a saúde mental junto à população da Terra Indígena Guarita/RS; caracterizá-la quanto à atenção básica e a saúde mental; mapear a estrutura da rede de atenção à saúde mental; utilizar-se da realidade local quanto à estrutura e organização da rede, dos serviços de atenção em saúde mental e verificar com isto, as suas fragilidades e potencialidades. Este estudo é exploratório e descritivo, um estudo de caso e a coleta de dados foi realizada através de pesquisa documental e bibliográfica. A sistematização dos dados coletados e analisados se manteve como suporte para a proposição da construção de possibilidades de fluxo junto à rede de atenção à saúde mental na Terra Indígena Guarita/RS. Conclui-se que para a organização, a possibilidade de construção de fluxo junto à rede de atenção a saúde mental a população da Terra Indígena Guarita/RS, precisa haver os serviços, os dispositivos, as ferramentas, ofertadas pela própria rede em seus níveis, de acordo com o que preconiza o SUS e a Política Nacional da Atenção à Saúde dos Povos Indígenas e Política Integral a Saúde Mental das Populações Indígenas. É necessária a leitura, a escuta e a dinâmica de abordagem junto aos atores sociais – os indígenas, que com o seu protagonismo, podem discorrer, opinar e se posicionar quanto ao caminho, a construção deste fluxo que melhor se adequar à realidade junto à Terra Indígena Guarita/RS no que tange a atenção em saúde e saúde mental da comunidade.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/67716
Arquivos Descrição Formato
000870294.pdf (1.610Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.