Repositório Digital

A- A A+

Sistema Integrado de Saúde em região de fronteira: desafios do acesso da população aos serviços de atenção primária à saúde

.

Sistema Integrado de Saúde em região de fronteira: desafios do acesso da população aos serviços de atenção primária à saúde

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sistema Integrado de Saúde em região de fronteira: desafios do acesso da população aos serviços de atenção primária à saúde
Autor Lemões, Marcos Aurélio Matos
Orientador Bonamigo, Andrea Wander
Data 2012
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Especialização em Gestão em Saúde UAB.
Assunto Atenção à saúde
Cooperação internacional
Saúde na fronteira
Saúde pública
Sistema Único de Saúde
[en] Border areas
[en] Border health
[en] International cooperation
Resumo A problemática de saúde nas fronteiras do Brasil envolve fatores que se relacionam com a gestão local de um município fronteiriço, sua articulação política e diplomática com o país adjacente e, a desejada adequação do sistema de saúde regional as demandas dos usuários, considerando a oferta de serviços disponibilizados na atenção primária à saúde. Foi realizado um estudo de caso em um município localizado em linha de fronteira entre Brasil e Uruguai no extremo sul do estado do Rio grande do Sul com base em um questionário respondido pelo secretário municipal de saúde. A captação e analise dos dados foi realizada no período de janeiro à março de 2012. Buscou-se identificar a formação do gestor local em saúde e sua contribuição para contexto fronteiriço, adequação da atenção primária à saúde para as demandas dos usuários, o modelo de gestão municipal do Sistema único de Saúde, a disponibilidade da secretaria municipal de saúde possuir um núcleo dedicado à avaliação de serviços de saúde ou de doenças e/ou agravos importantes para região de fronteira e estratégias de cooperação entre Brasil e Uruguai no intuito de qualificação das ações loco-regionais de saúde, sendo estas identificadas podem servir de apoio para ampliar a discussão sobre acesso aos serviços de saúde e a qualificação destes em região fronteiriça.
Abstract The health problem in Brazil's borders involves factors that are related to local management of a border town and its political and diplomatic coordination with the adjacent country. It was sought to verify the adequacy of the regional health system according to user demands, considering the range of services available in primary health care. A case study was conducted in a city located on the border between Brazil and Uruguay in the southern state of Rio Grande do Sul. The source of the study is a questionnaire answered by the municipal secretary of health. The data were collected and analyzed from January to March in 2012. The objective was to identify the formation of a local administrator in health care and his/her contribution to the border context, the adequacy of primary health care in relation to user demands, the model of municipal management of the Unified Health System and the availability of local health department to have a center dedicated to the evaluation of health services. It was studied the strategies of cooperation between Brazil and Uruguay in order to qualify loco regional health actions. After the identifications, it is intended to broaden the discussion and appreciation of access to health services in the border region.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/67732
Arquivos Descrição Formato
000871162.pdf (771.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.