Repositório Digital

A- A A+

Evolução da taxa de mortalidade infantil no municípiio de Itaqui_RS e região, no período 2000-2009

.

Evolução da taxa de mortalidade infantil no municípiio de Itaqui_RS e região, no período 2000-2009

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Evolução da taxa de mortalidade infantil no municípiio de Itaqui_RS e região, no período 2000-2009
Autor Andrade, Mariana Santos de
Orientador Fisher, Paul Douglas
Data 2012
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Especialização em Gestão em Saúde UAB.
Assunto Mortalidade infantil
Mortalidade neonatal
Saúde pública
[en] Infant mortality
[en] Infant mortality rate
[en] Neonatal mortality
[en] Postneonatal mortality
Resumo A taxa de mortalidade infantil é considerada um indicador das condições de saúde de uma população, podendo ser calculada através de dados do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) e do Sistema de Informação Sobre Nascidos vivos (SINASC) de cada localidade. Vários fatores determinam este resultado, entre eles, as condições biológicas, condições ambientais e também as relações sociais. Este estudo apresenta uma análise comparativa das taxas de mortalidade infantil entre as diferentes regiões do Brasil, entre as coordenadorias de saúde do RS e entre os municípios da 10ª Coordenadoria Regional de Saúde do RS, além de fazer uma análise do período (neonatal e pós-neonatal) em que o óbito infantil ocorre nestes municípios. Conclui-se que as taxas de mortalidade infantil nestas localidades, durante o período analisado, estão em declínio, sendo que muitas se encontram nos níveis aceitáveis preconizados pela Organização Mundial de Saúde – OMS. Isto se deve a muitos fatores como a implantação de políticas públicas voltadas à saúde, o maior acesso a saneamento básico em muitas moradias, ou seja, melhoria das condições gerais de vida da população. Entretanto, muitas ações ainda devem ser aplicadas, já que muitas localidades ainda apresentam elevadas taxas de mortalidade infantil.
Abstract The infant mortality rate is considered an indicator of the health of a population can be calculated using data from the Mortality Information System (MIS) and Information System on Live Births (SINASC) of each locality. Several factors determine this result, including, biological conditions, environmental conditions and also social relations. This study presents a comparative analysis of infant mortality rates between different regions of Brazil, between the coordinators of health of the RS and municipalities of the 10th Regional Health of the RS, in addition to an analysis of the period (neonatal and post-neonatal) infant death that occurs in these municipalities. It is concluded that the infant mortality rates in these locations during the period analyzed, are in decline, many of which are in the acceptable levels recommended by World Health Organization - WHO. This is due to many factors such as the implementation of public policies related to health, greater access to basic sanitation in many homes, that is, improving the general conditions of life. However, many actions must still be applied, since many localities still have high rates of infant mortality.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/67762
Arquivos Descrição Formato
000871300.pdf (734.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.