Repositório Digital

A- A A+

Utilização de membranas descelularizadas associadas à terapia celular no reparo de hérnias incisionais de pequenos animais

.

Utilização de membranas descelularizadas associadas à terapia celular no reparo de hérnias incisionais de pequenos animais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Utilização de membranas descelularizadas associadas à terapia celular no reparo de hérnias incisionais de pequenos animais
Autor Vidor, Silvana Bellini
Orientador Contesini, Emerson Antônio
Co-orientador Garcez, Tuane Nerissa Alves
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Cicatrização
Engenharia de tecidos
Hernia abdominal : Cirurgia
Terapia celular
[en] Biological membrane
[en] Muscle
[en] Tissue engineering, Biological membrane, Muscle, Wound repair, Veterinary
[en] Veterinary
[en] Wound repair
Resumo As hérnias incisionais são problemas comuns na Medicina Veterinária e na Medicina humana. O tratamento dessas afecções é cirúrgico e encontra dificuldades como altas taxas de recorrência, infecções, aderências de vísceras e dor. Existem diversas técnicas e materiais para o reparo das hérnias incisionais, porém todos eles continuam apresentando alta incidência de recidiva. As telas sintéticas são utilizadas há muitos anos e, apesar de possibilitarem a diminuição das complicações pós-operatórias, continuam sendo significativas. Desde a década de 1960, várias membranas biológicas vêm sendo testadas, demonstrando superioridade sobre as telas sintéticas, pois diminuem a ocorrência de aderência e de reação de corpo estranho, a excessiva reação inflamatória e consequente fibrose e dor. Essas membranas de origem animal são processadas a fim de retirar sua porção imunogênica e proporcionar um material biocompatível aos tecidos dos receptores. São um grande avanço no sentido da biocompatibilidade e da resistência mecânica, mas os resultados ainda não são positivos quanto à proliferação celular para a eficiente regeneração muscular. Para solucionar este problema, a engenharia de tecidos acrescentou às membrans biológicas a utilização de células-tronco ou de mioblastos, responsáveis pela proliferação e diferenciação celular em tecido muscular sobre o suporte oferecido pelas membranas naturais. Apesar de ser necessário gerar ainda um grande volume de pesquisas e de dados nesta área, os resultados obtidos até o momento apontam para o desenvolvimento de tratamentos eficazes para pacientes com grandes perdas musculares. O objetivo deste trabalho é revisar as bibliografias recentes e relevantes sobre a utilização de membranas descelularizadas no reparo de hérnias abdominais incisionais e a possibilidade de associá-las às células-tronco e aos mioblastos para obter não apenas a cicatrização adequada, mas também a regeneração muscular.
Abstract Incisional hernias are common issues in veterinary medicine and in the human medicine. The treatment of these disorders is surgical and has difficulties such as high rates of recurrence, infection, visceral adhesions and pain. There are various techniques and materials for the incisional hernias repair, however they all continue presenting high incidence of recurrence. The synthetic meshes are used for years and although they permit the reduction of postoperative complications, continue to be significant. Since de Decade of 1960, various membranes are being tested, demonstrating superiority over synthetic meshes, because it decreases the occurrence of grip and foreign body reaction, excessive inflammatory reaction and resultant fibrosis and pain. These animal membranes are processed in order to remove its immunogenic portion and provide a biocompatible material for meshes receivers. They are a major advance in the direction of biocompatibility and mechanical resistance, but the results are still not efficient for the muscle regeneration. To solve this problem, tissue engineering added stem cells or myoblasts to biological membranes, in order to cell proliferation and differentiation into muscle tissue on the support offered by the natural membranes. Despite being necessary still generate a large volume of data and research in this area, the results obtained so far point to the development of effective treatments for patients with large muscle loss. The aim of this paper is to review the recent and relevant bibliographies about the use of acellular membranes to the incisional hernias repair and the ability to associate them to the stem cells and myoblasts to get not only the wound healing, but also muscle regeneration.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/67846
Arquivos Descrição Formato
000873974.pdf (761.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.