Repositório Digital

A- A A+

Avaliação do padrão temporal de marcadores adipogênicos e do efeito da síndrome metabólica associada a estresse crônico

.

Avaliação do padrão temporal de marcadores adipogênicos e do efeito da síndrome metabólica associada a estresse crônico

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação do padrão temporal de marcadores adipogênicos e do efeito da síndrome metabólica associada a estresse crônico
Autor Oliveira, Carla de
Orientador Torres, Iraci Lucena da Silva
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas.
Assunto Dieta hiperlipídica
Estresse fisiológico
Obesidade
Ritmo circadiano
Síndrome metabólica
[en] Chronic stress
[en] Circadian rhythms
[en] Hypercaloric diet
[en] Metabolic syndrome
[en] Obesity
Resumo Alterações nos ritmos circadianos estão envolvidas no desenvolvimento de transtornos metabólicos como obesidade e síndrome metabólica. Além disto, fatores ambientais como o consumo de alimentos altamente palatáveis ricos em gordura e a exposição a situações estressantes podem contribuir na incidência e severidade destas doenças crônicas. Neste estudo avaliamos os efeitos da associação de modelos animais de obesidade e estresse crônico sobre o padrão temporal dos níveis séricos de marcadores adipogênicos (adiponectina, leptina, triglicerídeos e colesterol total) e de corticosterona (para controle do modelo de estresse crônico) de ratos. Adicionalmente, para controle da eficácia do modelo de obesidade os seguintes parâmetros foram avaliados: ganho de peso (avaliação semanal); o delta de peso e o Índice de Lee e o peso de frações de tecido adiposo (mesentérico, MAT; subcutâneo, SAT; e pericárdico, PAT). Foram utilizados 98 ratos Wistar machos com 60 dias de idade tratados por 80 dias e divididos em 4 grupos: dieta padrão (C), dieta hipercalórica (dieta de cafeteria) (D), estresse crônico (estresse crônico por restrição 1h/dia/5 dias por semana, entre as 9h e as 12h) associado a dieta padrão (E), e estresse crônico associado a dieta hipercalórica (DE). Os animais foram mortos em 3 períodos do dia (7h -ZT0, 19h - ZT12 e 1h - ZT18). Nossos resultados comprovam que a exposição crônica a dieta hipercalórica é um modelo eficaz na indução de obesidade e de síndrome metabólica em ratos, aumentando o delta de peso, o índice de Lee, peso de frações de tecido adiposo, e os níveis de triglicerídeos e leptina. Adicionalmente confirmam a presença de um padrão temporal na liberação de triglicerídeos, corticosterona, adiponectina e leptina em animais controles. O estresse crônico reduziu o delta de peso, peso do tecido adiposo mesentérico e os níveis de triglicerídeos, colesterol total e de leptina. Houve interação entre estresse crônico e obesidade em colesterol total, e houve interação entre os pontos temporais e obesidade nos níveis de adiponectina e corticosterona, também houve interação entre os pontos temporais e estresse crônico nos níveis de leptina. Concluindo, ambos os parâmetros foram capazes de alterar o padrão temporal de triglicerídeos e leptina. Assim, o impacto da dessincronização de um organismo com fatores ambientais contribuem para o desenvolvimento de doenças metabólicas como obesidade e síndrome metabólica.
Abstract Changes in the circadian rhythms are involved in the development of metabolic disorders such as obesity and metabolic syndrome. Furthermore, environmental factors such as consumption of highly palatable food rich in fat and exposure to stressful situations may contribute to the incidence and severity of these diseases. In this study we evaluated the effects of the association animal models of obesity and chronic stress on the temporal pattern of serum levels of adipogenic markers (adiponectin, leptin, triglycerides and cholesterol), and of corticosterone (to control of chronic stress model) of rats. Additionally, to control the efficacy of obesity model the following parameters were evaluated: weight gain (weekly evaluation), the delta weight, the Lee index, and the weight fractions of adipose tissue (mesenteric, MAT; subcutaneous, SAT and pericardial, PAT). A total of 98 male Wistar rats at 60 days of age treated for 80 days and divided into 4 groups: standard diet (C), hypercaloric diet (cafeteria diet) (HD), chronic stress (chronic stress by restraint 1h/day/5 days a week between 9am and 12pm) associated with the standard diet (S), and chronic stress associated with hypercaloric diet (SHD). The animals were killed at 3 time points (7:00 a.m. -ZT0, 7:00 p.m. - ZT12 e 1:00 a.m. - ZT18). Our results show that chronic exposure to hypercaloric diet is an effective model to induce obesity and metabolic syndrome in rats, increasing the weight delta, Lee index, weight fractions of adipose tissue, triglycerides and leptin levels. Additionally, it was confirmed the presence of a temporal pattern in the release of triglycerides, corticosterone, adiponectin, leptin in naïve animals. The chronic stress reduced weight delta, the mesenteric adipose tissue weight and levels of triglycerides, cholesterol and leptin. There was interaction between chronic stress and obesity in the total cholesterol, and there was interaction between time points and obesity in adiponectin and corticosterone levels, also there was interaction between time points and chronic stress in leptin levels. In conclusion, both parameters were able of desynchronize the rhythms of leptin and triglycerides on temporal pattern. Thus, the impact of desynchronization of an organism with environmental factors contributes to the development of metabolic diseases such as obesity and metabolic syndrome.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/69645
Arquivos Descrição Formato
000874324.pdf (2.001Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.