Repositório Digital

A- A A+

Síndrome vestibular em cães e gatos

.

Síndrome vestibular em cães e gatos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Síndrome vestibular em cães e gatos
Autor Negreiros, Daiane de Oliveira
Orientador Araújo, Ana Cristina Pacheco de
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Ataxia
Disfunção neurológica : Pequenos animais
Neoplasias cerebrais
Sistema nervoso animal
Sistema nervoso central : Lesões
Sistema vestibular
[en] Ataxia
[en] Cats
[en] Dogs
[en] Head tilt
[en] Inner ear
[en] Vestibular system
Resumo A síndrome vestibular é um distúrbio neurológico relativamente comum em Medicina Veterinária, sendo uma condição frequentemente observada em cães e gatos. É definida como o conjunto de sinais clínicos associado a uma doença do sistema vestibular, o qual tem por função traduzir as forças de gravidade e movimento em sinais neurológicos utilizados pelo encéfalo para a determinação da posição da cabeça no espaço e para a coordenação dos movimentos da cabeça com os reflexos motores responsáveis pela estabilidade postural e ocular. Dessa forma, afecções do sistema vestibular resultam em alterações posturais da cabeça e do corpo, descoordenação motora e ataxia, além de alterações nos movimentos oculares. O sistema vestibular é constituído por dois componentes funcionais: o periférico e o central. O primeiro envolve receptores periféricos na orelha interna e a porção vestibular do VIII par de nervos cranianos, e o segundo compreende os núcleos e tratos do tronco cerebral. Dessa forma, a síndrome vestibular pode se apresentar de duas formas, periférica ou central, e a sua diferenciação clínica é importante para um plano diagnóstico e terapêutico correto, assim como para o estabelecimento de um prognóstico. De modo geral, o protocolo terapêutico e o prognóstico serão definidos de acordo com a etiologia da disfunção. As afecções mais comuns que causam doença vestibular central são neoplasias, e infecção e/ou inflamação do sistema nervoso central, enquanto em pacientes com sinais vestibulares periféricos, a otite média/interna e a doença vestibular idiopática são os diagnósticos mais observados. Dessa forma, se faz importante o reconhecimento da síndrome vestibular em caninos e felinos, a investigação de sua possível causa e o conhecimento das possibilidades terapêuticas, visto ser essa uma disfunção neurológica observada com relativa frequência na clínica de pequenos animais. Tendo em vista a pouca quantidade de literatura nacional sobre o assunto, escolheu-se o tema a fim de se produzir revisão de literatura abrangente sobre tal, pesquisando e trazendo dados atuais para o trabalho.
Abstract Vestibular Syndrome is a relatively common neurological disorder in veterinary medicine, and it is a condition frequently observed in dogs and cats. It is defined as the set of clinical signs of a disease associated with vestibular system, which has the function of translating the gravity forces and movement in neurological signs used by the brain to the positioning head in space and to coordinate the movements of the head with the motor reflexes responsible for postural and eyes stability. Thus, disorders of the vestibular system results in postural changes of the head and body, incoordination and ataxia, as well as changes in eye movements. The vestibular system consists of two functional components: the central and peripheral. The first involves the peripheral receptors in the inner ear and the vestibular portion of the VIII cranial nerve, and the second comprising the nuclei and tracts of the brainstem. Thus, the vestibular dysfunction can be manifested in two forms, the peripheral or central, and their clinical differentiation is important for a correct diagnosis and therapy plan, and for establishing a prognosis. In general, treatment and prognosis protocol will be defined according to the etiology of the disorder. The most common conditions that cause central vestibular disease is neoplasm and infection or inflammation of central nervous system, while in patients with peripheral vestibular signals, otitis media/internal and idiopathic vestibular disease is the most observed diagnoses. It is important to recognize the vestibular syndrome in dogs and cats, investigating it’s possible causes and know it’s therapeutic possibilities, since this is a neurological dysfunction observed relatively frequently in small animals. In view of the lack of the national literature about vestibular syndrome, the theme was chosen in order to produce comprehensive literature review of this, researching and providing current data about vestibular syndrome in dogs and cats.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/69656
Arquivos Descrição Formato
000873501.pdf (3.087Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.