Repositório Digital

A- A A+

Em defesa da sociedade : a invenção dos cuidados paliativos e a produção de subjetividades

.

Em defesa da sociedade : a invenção dos cuidados paliativos e a produção de subjetividades

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Em defesa da sociedade : a invenção dos cuidados paliativos e a produção de subjetividades
Outro título In defense of society : the invention of palliative care and the production of subjectivities
Outro título En defensa de la sociedad : la invención de los cuidados paliativos y la producción de subjetividades
Autor Silva, Karen Schein da
Kruse, Maria Henriqueta Luce
Resumo O artigo é uma reflexão teórica que faz parte de um estudo denominado Em Defesa da Sociedade: a invenção dos Cuidados Paliativos. Para articular tal discussão, utilizamos o manual de Cuidados Paliativos, publicado no ano de 2007 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), entendendo-o como parte de um artefato capaz de produzir subjetividades e governar condutas. Nesse sentido, pretendemos descobrir como os discursos sobre os Cuidados Paliativos se articulam e efetuam a invenção de uma nova disciplina que funcionaria como uma estratégia biopolítica para defender a sociedade. A partir da análise textual do discurso instituído pelo manual, com o auxílio do referencial dos Estudos Culturais e sob a inspiração dos escritos de Michel Foucault, articulamos uma das possíveis leituras deste guia. Desta maneira observamos a (re)organização e a (re)invenção de uma disciplina que investe na subjetividade dos indivíduos constituindo aparatos de verdade que regulam e governam a população.
Resumen Reflexión teórica que forma parte de un estudio denominado En Defensa de la Sociedad: la invención de los Cuidados Paliativos. Para articular la discusión, utilizamos el manual de Cuidados Paliativos, publicado en 2007 por la Organización Mundial de la Salud (OMS), entendiéndolo como parte de un artefacto capaz de producir subjetividades y gobernar conductas. En tal sentido, pretendemos conocer el modo en el que los discursos sobre Cuidados Paliativos se articulan y generan la invención de una nueva disciplina que funciona como estrategia biopolitica para la defensa social. A partir del análisis textual del discurso instituido por el manual, con ayuda del referencial teórico de Estudios Culturales y bajo inspiración de escritos de Michel Foucault, articulamos una posible lectura de la guía. Así, observamos la (re)organización y la (re)invención de una disciplina que invierten en la subjetividad de los individuos, constituyendo aparatos de verdad que regulan y gobiernan la población.
Abstract This article is a theoretical reflection that is part of a study named Em Defesa da Sociedade: a invenção dos Cuidados Paliativos (In Defense of Society: the invention of Palliative Care). In order to articulate this discussion, we used the 2007edition of the Palliative Care Manual published by the World Health Organization (WHO), as we understand it is part of a body of work capable of producing subjectivities and ruling conduct. In this sense, we intend to understand how the discourses on palliative care are associated and promote the invention of a new subject that would work as a bio-political strategy in order to defend society. Based on the textual analysis of the discourse presented in the manual, with the help of the Cultural Studies framework and inspired by the works of Michel Foucault, we present one of the possible meanings derived from the readings of the WHO Guide. Thus, we observe the (re)organization and (re)invention of a subject that invests in the subjectivity of individuals and constitutes an actual framework that regulates and rules the population.
Contido em Revista da Escola de Enfermagem da USP. São Paulo. Vol. 46, n.2 (abr. 2012), p. 460-465
Assunto Cuidados paliativos : Enfermagem
Política de saúde : Brasil
[en] Government
[en] Health Policy
[en] Nursing
[en] Palliative care
[es] Enfermería
[es] Gobierno
[es] Política de salud
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/69690
Arquivos Descrição Formato
000851082.pdf (1.576Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir
000851082-02.pdf (98.94Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.