Repositório Digital

A- A A+

Ações da equipe de saúde em relação à gestante/puérpera tabagista

.

Ações da equipe de saúde em relação à gestante/puérpera tabagista

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Ações da equipe de saúde em relação à gestante/puérpera tabagista
Autor Teixeira, Carolina de Castilhos
Orientador Echer, Isabel Cristina
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Educação em saúde
Tabagismo
[en] Health education
[en] Patient care team
[en] Smoking
Resumo INTRODUÇÃO: Morrem no Brasil por ano em média 1600 mulheres por morte materna e 50 mil crianças de até um ano. A quase totalidade das complicações com mulheres e recém-nascidos tem sido associada ao consumo de substâncias psicoativas durante a gravidez, dentre elas a nicotina. O período de gestação, parto e puerpério é o momento em que a mulher tabagista está mais propensa a interromper seu comportamento tabágico e a atuação dos profissionais neste momento, juntamente com o desenvolvimento de novos tratamentos medicamentosos, métodos de intervenção para a cessação e educação em saúde têm grande potencial para mudar esta realidade. OBJETIVO GERAL: Identificar as ações desenvolvidas pela equipe de saúde em relação à gestante/puérpera tabagista. METERIAL E MÉTODO: Estudo quantitativo com abordagem transversal, realizado com profissionais de saúde que atendem à gestante/puérpera em um hospital universitário de grande porte do Sul do Brasil. A amostra de conveniência, não proporcional, foi composta por 135 membros das equipes de saúde (médico, enfermeiro, nutricionista, acadêmicos, entre outros). A coleta de dados foi realizada por meio do instrumento elaborado pelas pesquisadoras. Os dados foram digitados e organizados em banco de dados e analisados com ajuda do programa Statistical Package for Social Science (SPSS) versão 18. O projeto foi aprovado pelo comitê de ética em pesquisa da Instituição sob nº120260. RESULTADOS: A caracterização da amostra apontou para uma maioria de mulheres, 102 (75,6%), uma média de idade de 35,78 ±12,53 anos, com média de 17,1 ±5,05 anos de estudo. Quanto às ações da equipe em relação a cessação do tabagismo 76(56,3%) referiram abordar sempre. Destacaram-se os médicos e os enfermeiros com maior percentual em realizar a abordagem sempre. Para 92(70,2%) dos participantes essa abordagem ocorre em até duas vezes ao longo da internação/consulta e em 62(45,9%) dos casos essa abordagem não inclui os familiares. Noventa e três por cento avaliaram a eficácia de suas próprias ações para o processo de cessação como regular, ou ruim e 105(81,4%) referiram a necessidade de atualizar ou aprofundar seus conhecimentos na área “tabagismo e gestação”, para qualificar a sua assistência às pacientes. CONCLUSÕES: Evidenciou-se uma realidade com ações distantes do que é preconizado pelo Instituto Nacional do Câncer para essas pacientes, o que ressalta a importância em capacitar a equipe de saúde para que possam durante a prática clinica identificar, informar, tratar e acompanhar as gestantes/puérperas tabagistas no difícil processo de cessação do tabaco de forma qualificada.
Abstract INTRODUCTION: In Brazil, 1600 women die on average per year of maternal deaths and also 50 thousand childen under one year. Almost the totality of complications with women and newborns has been associated with substance use during pregnancy, among the nicotine. The period of pregnancy, childbirth and postpartum is the moment when the smoker woman is more likely to stop her smoking behavior; the performance of health professionals in prenatal and postpartum with the development of new drug treatments, intervention methods to nicotine cessation and health education has a big potential to change this reality. OBJECTIVE: identify the developed actions by the health team in relation to smoker pregnant/postpartum women. MATERIAL AND METHODS: Quantitative study with a cross-sectional approach, it was accomplished with health team members serving pregnant/postpartum women in a large University Hospital of southern Brazil. A convenience sample, not proportional, was composed by 135 health team members (physician, nurse, nutritionist, undergraduate students, among others). The data collection was done using an instrument developed by researchers, the data was typed and organized into a database and analyzed with the Statistical Package for Social Science (SPSS) version 18 program. The institution‟s Research Ethics Committee approved the project on nº120260. RESULTS: The characterization of the sample pointed to majority of women, 102 (75,6%), a mean age of 35,78 ± 12,53 years, mean of 17,1 ± 5,05 years of studies. Regarding the actions of the health team related to cessation of smoking 76 (56,3%) reported approaching always. Among the health team members, physicians and nurses contrasted with the biggest percentage of approaching always. To 92 (70,2%) participants this approach happens until twice along hospitalization/consultation and in 62 (45,9%) of participants this approach does not include relatives. Ninety-three percentage evaluated the effectiveness of their own actions to the cessation process as regular or bad, and 105 (81,4%) referred the necessity to update or deepen their knowledge about “smoking and pregnancy” to qualify their assistance to patients. CONCLUSIONS: Showed up a distant reality of actions recommended by the National Cancer Institute to these patients, which highlight the importance of capacitating the health team so they will be able to, along the clinical practice, identify, inform, treat and follow smoker pregnant/postpartum women in the difficult process of smoking cessation on a qualified way.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/69742
Arquivos Descrição Formato
000872968.pdf (794.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.