Repositório Digital

A- A A+

Espaços de leitura como estratégia de (re)socialização de jovens que cumprem medidas socioeducativas na FASE/Porto Alegre

.

Espaços de leitura como estratégia de (re)socialização de jovens que cumprem medidas socioeducativas na FASE/Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Espaços de leitura como estratégia de (re)socialização de jovens que cumprem medidas socioeducativas na FASE/Porto Alegre
Autor Magnus, Daniel Jesus Vieira
Orientador Moura, Ana Maria Mielniczuk de
Co-orientador Giovanaz, Marlise Maria
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Biblioteconomia.
Assunto Biblioteca escolar
Inclusão social
[en] Areas of reading
[en] Librarian’s social role
[en] Reading and social inclusion
Resumo Aborda a importância de espaços de leitura na ressocialização de jovens que cumprem medidas socioeducativas, destacando o importante papel do profissional bibliotecário como agente deste processo. Constitui um estudo de caso, que analisa as unidades de informação dos Centros da Fundação de Atendimento Socioeducativo (FASE), localizadas no município de Porto Alegre, e o trabalho que vêm desenvolvendo em prol da ressocialização de jovens que cometeram atos infracionais ao convívio social. Analisa o processo de implementação de leis referentes a menores que praticaram atos infracionais; verifica a existência de projetos direcionados aos espaços de leitura; analisa o perfil dos jovens das casas, bem como dos leitores que utilizam os ambientes de leitura. Analisa, também, a percepção dos profissionais da Instituição com relação à importância desses espaços. Apresenta como referencial teórico a leitura como instrumento de ação reflexiva; o papel das bibliotecas; a função social do bibliotecário; as medidas socioeducativas do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e seu processo de implementação; a caracterização dos regimes de internação e semiliberdade, bem como a importância de bibliotecas como instrumento de ressocialização. Utiliza a entrevista, realizada nas formas virtual e presencial, como instrumento para coleta de dados. A investigação apresenta abordagem qualitativa e relaciona os dados obtidos aos conceitos teóricos do estudo. Conclui que os espaços de leitura são peças fundamentais na ressocialização de jovens que cumprem medidas socioeducativas, já que vários aspectos são trabalhados nestes ambientes em prol do desenvolvimento intelectual e humano. Verifica, porém, que os espaços que a Instituição mantém ainda são muito pouco aproveitados, tanto pela ausência de profissionais qualificados para mantê-los e administrá-los, devido à falta de investimentos governamentais, quanto pelo descaso de grande parte dos profissionais que trabalham nas casas.
Abstract Discusses the importance of reading spaces in rehabilitation of young people who meet educational measures, highlighting the important role of the librarian as an agent of this process. It is a case study, which analyzes information units of the FASE (Foundation for Socioeducative Cares) Centers, located in Porto Alegre, and the efforts being made towards the rehabilitation of youth who have committed illegal acts to social life. Analyzes the process of implementation of laws relating to minors who have committed offenses; checks for projects targeted to areas of reading; analyzes the profile of young people in homes as well as readers who use reading environments. It also analyzes the perception of professional institution with respect to the importance of these spaces. Presents as a theoretical reading as a tool for reflective action, the role of libraries, the social function of the librarian; the Statute of Children and Adolescents (ECA) socioeducatives measures and its implementation process; characterization internment and semiliberty system, and the importance of libraries as instrument of socialization. Uses the interview, conducted in the forms virtual and presencial as a tool for data collection. The research presents a qualitative approach and relates the data to the theoretical concepts of the study. Concludes that the reading spaces are fundamental in rehabilitation of young people who meet educational measures, since several aspects are worked in these environments for intellectual and human development. Notes, however, that the spaces that the institution maintains are still underutilized by both the lack of qualified professionals to keep them and manage them, because of the low government investment, as the neglect of most professionals working in these spaces.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/69767
Arquivos Descrição Formato
000872148.pdf (2.387Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.