Repositório Digital

A- A A+

Avaliação das ações de saúde mental relacionadas ao indivíduo com comportamento suicida na Estratégia Saúde da Família

.

Avaliação das ações de saúde mental relacionadas ao indivíduo com comportamento suicida na Estratégia Saúde da Família

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação das ações de saúde mental relacionadas ao indivíduo com comportamento suicida na Estratégia Saúde da Família
Outro título Evaluation of mental health actions related to the individual with suicidal behavior in family health strategy
Outro título Evaluación de las acciones de salud mental con relación al individuo con comportamiento suicida en la estrategia salud de la família
Autor Kohlrausch, Eglê Rejane
Orientador Olschowsky, Agnes
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Atenção primária à saúde
Avaliação de serviços de saúde
Saúde mental
Suicídio
[en] Health services evaluation
[en] Mental health
[en] Primary health care
[en] Suicide attempted
[es] Atención primaria de salud
[es] Evaluación de servicios de salud
[es] Intento de suicidio
[es] Salud mental
Resumo O objeto de estudo desta tese são as ações de saúde mental desenvolvidas junto ao indivíduo com comportamento suicida na Estratégia Saúde da Família (ESF). Esta pesquisa é vinculada às “Ações de Saúde Mental na Estratégia Saúde da Família”, projeto financiado pelo Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq), pelo Edital CT-Saúde/MCT/CNPq/MS 06/2008. Enquanto subprojeto contribuiu para avaliar as ações de saúde mental, fazendo um recorte para o atendimento ao indivíduo com comportamento suicida, já que cada situação de sofrimento psíquico requer ações que deem conta de sua especificidade de acolhimento e cuidado, dada sua prevalência. A pesquisa é avaliativa, qualitativa, desenvolvida na modalidade de estudo de caso, em que se utilizou a Avaliação de Quarta Geração para a construção do processo de condução da coleta e análise das informações. Essas foram coletadas por meio de 192 horas de observação e 15 entrevistas com a equipe ESF Pitoresca, como grupo de interesse. Pelo Método Comparativo Constante chegou-se à construção das categorias temáticas tecnologias relacionais, atendimento usuário-centrado e gestão do cuidado, subordinadas à categoria analítica processo de trabalho. Os trabalhadores da ESF avaliam que as tecnologias relacionais, junto com o cuidado clínico, são fundamentais para o atendimento ao indivíduo com comportamento suicida, principalmente porque o vínculo que têm com eles favorece a procura em caso de necessidade. Salientam que a postura de acolhimento que a equipe tem faz com que se torne mais ágil o acesso à ESF no caso do comportamento suicida se agravar. Em relação ao atendimento usuário-centrado trazem muitas dúvidas na avaliação do risco de suicídio, ao mesmo tempo em que conseguem construir um cuidado individualizado e de acordo com as necessidades do indivíduo com comportamento suicida. Sobre a gestão do cuidado, avaliam que é fundamental o trabalho em equipe para o atendimento ao comportamento suicida. Poder contar com a parceria da equipe de matriciamento da Secretaria da Saúde do município de Porto Alegre e das alunas de enfermagem em saúde mental da Escola de Enfermagem da Universidade Federal do RS proporciona segurança na abordagem do comportamento. No entanto, se ressentem da falta de uma rede estruturada em saúde mental que acolha os casos mais graves. A ESF Pitoresca vem construindo uma atuação que se insere no modo psicossocial de atendimento em saúde mental, valorizando as tecnologias relacionais como estratégias fundamentais para o atendimento ao indivíduo com comportamento suicida.
Abstract The object of study of this thesis is the mental health actions developed with the individual with suicidal behavior in the Family Health Strategy (FHS). This research is linked to the “Mental Health Actions in the Family Health Strategy”, project funded by the National Research Council (CNPq) by the announcement CT-Saúde/MCT/CNPq/MS 06/2008. While a subproject, it contributed to evaluate the mental health actions, emphasizing the aspect of the care with the individual with a suicidal behavior since each situation of psychic suffering requires actions that consider its specificity of reception and care, according to its prevalence. It is an evaluative and qualitative research, developed in the form of case study, in which used the fourth generation evaluation to build the process of conducting the collection and analysis of information. The information was collected through 192 hours of observation and 15 interviews with the team of the FHS Pitoresca, as an interest group. With constant comparative method was reached to the construction of the theme categories of relational technologies, user-centered care and care management, methodologies subordinate the analytical category work process. Workers of FHS evaluate the relational technologies with the clinical care are the base to the care of the individual with suicidal behavior, mainly because the bond they have with this individual propitiates the demand in case of need. The workers say their mode of reception makes the FHS access more agile in case of aggravation of the suicidal behavior. In relation to the user-centered care, they relate many doubts about the assessment of suicide risk, at the same time they are able to build up an individualized care, according to the needs of the individual with suicidal behavior. About the care management, they evaluate that the team work is fundamental to reception of the suicidal behavior. The association with the team of matricial process of Health Department of the city of Porto Alegre and with the nursing students in mental health of the Nursing School of the Federal University of Rio Grande do Sul provides security in approach of this behavior. However, they resent about the lack of a structured network of mental health that receives the most serious cases. The FHS Pitoresca has been building a performance inserts in the psychosocial aspects in the mental health care, valuing the relational technologies as fundamental strategies to the care of the individual with suicidal behavior.
Resumen El objeto de estudio de esta tesis son las acciones de salud mental desarrolladas junto a la persona con comportamiento suicida en la Estrategia Salud de la Familia (ESF). Esta investigación está obligada a las “Acciones de Salud Mental en Estrategia Salud de la Familia”, proyecto que está en financiación por el Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq), por la Nota CT-Saúde/MCT/CNPq/MS 06/2008. Como subproyecto ha contribuido para evaluar las acciones de salud mental, haciendo una ejemplificación para el manejo a la persona con comportamiento suicida, ya que cada situación de sufrimiento psíquico requiere acciones que dan cuenta de su especificidad de recepción y cuidado, dado su predominio. La investigación tiene carácter evaluativo, cuantitativo, y si desarrolla en la modalidad de estudio de caso, en que se ha utilizado la Evaluación de Cuarta Generación para la construcción del proceso de conducción de informaciones y sus analizes. Esas fueron logradas por medio de 192 horas de observación y 15 entrevistas con la equipo ESF Pitoresca, como grupo de interés. Por el Método Comparativo Constante se ha llegado a la construcción de categorías temáticas tecnologías relacionales, interacción usuario-centrado y gestión de atención, subordinadas a la categoría analítica proceso de trabajo. Los trabajadores de ESF evalúan que las tecnologías relacionales, junto con el cuidado clínico, son fundamentales para la interacción con la persona con comportamiento suicida, principalmente porque el enlace entre los dos favorece a la busca en caso de necesidad. Agregan que la postura de recepción que el equipo tiene hace con que sea más ágil el acceso a ESF en caso de que el comportamiento suicida se agrave. En relación a la interacción usuario-centrado traer muchas dudas en el proceso de investigación de riesgo de suicidio, al mismo tiempo en que se consigan construir un cuidado individualizado y de acuerdo a las necesidades del individuo con el comportamiento suicida. Sobre la gestión del cuidado, evalúan que es fundamental el trabajo en equipo para la interacción al comportamiento suicida. Poder contar con la asociación de la equipo matricial de la Secretaria de Salud del municipio de Porto Alegre y de las alumnas de enfermería en salud mental de la Escuela de Enfermería de la Universidad Federal de RS ha proporcionado seguridad en el abordaje del comportamiento. Sin embargo, resentirse de la falta de un red con estructura en salud mental que haga la recepción a los casos más graves. ESF Pitoresca está construyendo una actuación que se inserta en lo psicosocial de interacción en salud mental, valorando las tecnologías relacionales como estrategias fundamentales para la interacción al individuo con comportamiento suicida.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/69802
Arquivos Descrição Formato
000873068.pdf (2.131Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.