Repositório Digital

A- A A+

Insulinoma, linfoma e doença da adrenal em ferrets (Mustela putorius furo)

.

Insulinoma, linfoma e doença da adrenal em ferrets (Mustela putorius furo)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Insulinoma, linfoma e doença da adrenal em ferrets (Mustela putorius furo)
Autor Tomazi , Fabiana Graciolli
Orientador Moraes, Hamilton Luiz de Souza
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Cirurgia veterinaria
Doença da adrenal
Ferret : Zootecnia
Insulinoma
Linfoma : Diagnóstico : Tratamento
[en] Adrenal disease
[en] Ferrets
[en] Insulinoma
[en] Lymphoma
Resumo O insulinoma em ferrets, um tumor das células beta-pancreáticas, acomete animais de idade mais avançada, mas atualmente há relatos de animais afetados com cerca de 2 semanas de idade. Os sinais clínicos de animais com insulinoma apresentam grande variação, sendo que alguns animais podem não manifestar nenhum sinal. O diagnóstico presuntivo do insulinoma pode ser baseado no histórico, nos sinais clínicos em alguns animais e teste de glicose sanguínea, enquanto que o diagnóstico confirmatório é feito por meio de biópsia e histologia do tecido pancreático. O tratamento para insulinoma pode ser higiênico, medicamentoso ou cirúrgico dependendo do acometimento do animal. O prognóstico para insulinoma é variado, sendo que a expectativa de vida média é de 3 anos. A segunda enfermidade descrita,o Linfoma em ferrets, é a 3ª neoplasia mais comum em nestes animais, e apresenta classificação dependente do seu local de origem, podendo acometer animais de qualquer idade. O linfoma é uma doença que causa imunossupressão, sendo que os sinais clínicos manifestados podem ser inespecíficos, como anorexia, letargia e perda de peso. O diagnóstico para linfoma se baseia na avaliação de amostras de biópsias de determinados linfonodos, e identificação de sinais clínicos, o tratamento consiste em quimioterapia, radioterapia e remoção cirúrgica do tumor quando possível. O prognóstico para animais afetados com linfoma é baseado morfologia celular das células afetadas e imunofenotipos. E por último, a doença da adrenal em ferrets, ocorre na maioria dos casos em animais castrados de idade mais avançada, sendo a alopecia o sinal clínico mais comumente apresentado. O diagnóstico de doença da adrenal é baseado no histórico, sinais clínicos e teste de elevação dos hormônios sexuais, o tratamento varia de cirúrgico a medicamentoso, dependendo do animal afetado. O prognóstico para doença da adrenal varia segundo o tratamento, sendo que o prognóstico para o tratamento cirúrgico é bom, e para o tratamento medicamentoso é incerto.
Abstract Insulinoma in ferrets, a tumor of the pancreatic beta cells, affects older animals, but now there are reports of animals affected with about 2 weeks old. Clinical signs of animals with insulinoma have great variation, with some animals may not show any sign. The presumptive diagnosis for insulinoma may be based on history, clinical signs in some animals and testing of blood glucose, while the confirmatory diagnosis for insulinoma is by biopsy and histology of the pancreatic tissue. Treatment for insulinoma may be hygienic, medical or surgical depending on the involvement of the animal. The prognosis for insulinoma is varied, and the average life expectancy is 3 years. Lymphoma in ferrets, the 3rd most common cancer in these animals, presents classification dependent on their place of origin, can affect animals of any age. Lymphoma is a disease that causes immunosuppression, and manifested clinical signs may be nonspecific, such as anorexia, lethargy and weight loss. For diagnosis is based on evaluation lymphoma biopsy samples of certain nodes, and identification of clinical signs, the treatment is chemotherapy, radiation therapy and surgical removal of tumors when possible. The prognosis for animals affected with lymphoma is based on cell morphology and immunophenotypes of the affected cells. And finally, adrenal disease in ferrets, in most cases occurs in castrated older age, and alopecia the most common clinical signs appear. The diagnosis of adrenal disease is based on history, clinical signs and positive elevation of sex hormones, treatment ranges from medication to surgery, depending on the affected animal. The prognosis for adrenal disease varies according to the treatment, the prognosis for surgical treatment is good, and for drug treatment is uncertain.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/69815
Arquivos Descrição Formato
000873402.pdf (651.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.