Repositório Digital

A- A A+

A "mais fina sociedade riograndina" e sua representações : a vida social da elite de Rio Grande-RS (1956 a 1960)

.

A "mais fina sociedade riograndina" e sua representações : a vida social da elite de Rio Grande-RS (1956 a 1960)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A "mais fina sociedade riograndina" e sua representações : a vida social da elite de Rio Grande-RS (1956 a 1960)
Autor Pelissari, Marina Krüger
Orientador Martini, Maria Luiza Filippozzi
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História.
Assunto Elite
História do Rio Grande do Sul
Rio Grande (RS)
Vida social e costumes
Resumo O presente trabalho aborda as representações presentes na vida social da elite da cidade do Rio Grande – RS. Ao longo de três capítulos, procura-se analisar como esta elite entendia o seu lugar social e quais eram as suas práticas sociais distintivas. A partir de crônicas sociais publicadas no jornal Rio Grande, entre os anos de 1956 e 1960, além de outras fontes, como atas e entrevistas, percebe-se como se desenrolavam as sociabilidades rio-grandinas, seus principais locais, regras e formas de divertimento, além dos recursos – visuais e discursivos – utilizados pelas cronistas para definir as identidades desse grupo. Por meio de uma (re)construção de representações, divulgadas e legitimadas pelas crônicas sociais, a elite diz quem é, reforçando a sua identidade e distinção em relação aos que não fazem parte desse seleto grupo.
Abstract This paper addresses the representations present in the social life of the elite of Rio Grande - RS. Over three chapters, it seeks to analyze how this elite used to understand its place in society and what their distinctive social practices were. Using the social columns published in the newspaper Rio Grande, between 1956 and 1960 and other sources, such as interviews, it was possible to perceive how sociabilities developed in the town, their main venues, rules and forms of entertainment, besides resources – visual and discursive – used by chroniclers to define the identity of this group. Through a (re)construction of representations, disseminated and legitimated by social columns, the elite says who it is, reinforcing its identity and distinction from those who are not part of this select group.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/69833
Arquivos Descrição Formato
000874709.pdf (3.989Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.