Repositório Digital

A- A A+

As tecnologias enquanto signos de mediação : construção possível de processos dialéticos de desenvolvimento e aprendizagem desencadeados pela tecnologia

.

As tecnologias enquanto signos de mediação : construção possível de processos dialéticos de desenvolvimento e aprendizagem desencadeados pela tecnologia

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título As tecnologias enquanto signos de mediação : construção possível de processos dialéticos de desenvolvimento e aprendizagem desencadeados pela tecnologia
Autor Morais, Marcus Soares
Orientador Passerino, Liliana Maria
Data 2012
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de especialização educação especial: processos inclusivos.
Assunto Deficiente da visão
Mediação
Resumo Com o advento de novas tecnologias, especialmente a informática, muitos hábitos e práticas culturais, foram gradativamente mudando suas características originais, o que nos levou a investigar as configurações de usos e sentidos com que pessoas que não possuem os recursos da visão e dependem do tato e da percepção auditiva para realizarem suas atividades diárias as desenvolvem, integrando as tecnologias nas mesmas. Atualmente existem programas do computador denominados de Leitores de Tela, capazes de reproduzir em áudio as ações do usuário. Este estudo inicia-se com a descrição de alguns dos mais importantes Leitores de Tela, e realizou-se um comparativo dos mesmos. Posteriormente com o objetivo de desenvolver uma análise qualitativa multicaso, não participante, investigou-se " Quais são os elementos presentes na relação de uso dos Leitores de Tela por parte dos deficientes visuais, no processo dialético de constituição da compreensão de suas realidades frente ao uso de recursos tecnológicos" . Para o estudo de caso, entrevistas e observações não participantes a partir do Think aloud foram aplicadas a dois dos sujeito com deficiência visual, na intenção de melhor compreender a relação existente entre pessoas deficientes visuais, quanto ao uso de softwares Leitores de Tela em suas realidades, considerando suas práticas pessoais cotidianas e profissionais. A analise evidenciou que é possível estabelecer pontos de conexão entre o uso dos Leitores de Tela por parte dos deficientes visuais, na constituição e na compreensão de suas próprias realidades, Considerando suas historicidades e identidades como elementos determinantes em sua formação ontogênica e filogenética, na dialéticados processos de constituição de sujeitos afirmativos na complexidade da sociogênese humana.
Abstract Vimos a partir dos casos estudados que a resignificação dos sentidos pelos quais cada um dos usuários faz uso desses aplicativos, apresenta-se como um dos mais significativos elementos presentes nessa relação, bem como na interação derivada dos períodos em que cada um destes sujeitos entrou em contato com os computadores e os Leitores de Tela, com efeito, estabelecendo contrastes e contradições nas formas com que cada um dos sujeitos apropria-se das linguagens específicas dos computadores.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/69857
Arquivos Descrição Formato
000875093.pdf (486.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.