Repositório Digital

A- A A+

Qualidade microbiológica e temperatura de dietas enterais e após implantação dos sitema de análise de perigos e pontos críticos de controle

.

Qualidade microbiológica e temperatura de dietas enterais e após implantação dos sitema de análise de perigos e pontos críticos de controle

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Qualidade microbiológica e temperatura de dietas enterais e após implantação dos sitema de análise de perigos e pontos críticos de controle
Outro título Microbiological quality and temperatures of enteral feedings before and after implementation of hazard analysis and critical control point
Autor Simon, Míriam Isabel Souza dos Santos
Freimuller, Susette
Tondo, Eduardo Cesar
Ribeiro, Anelise Siveiro
Drehmer, Michele
Resumo Objetivos Avaliar a qualidade microbiológica e a temperatura de dietas enterais antes e após a implementação do sistema Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle na Central de Produção de Alimentação Enteral do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Métodos Durante o período de setembro de 2001 a janeiro de 2002, foram coletadas 320 amostras de 4 tipos de dietas enterais produzidas na Central de Produção de Alimentação Enteral (dietas padrão I, II, III e dieta especial), as quais foram submetidas a análises microbiológicas e de temperatura. As amostras foram coletadas semanalmente em dois pontos do processo: logo após o preparo e após 16 horas de armazenamento refrigerado. Para comparação dos dados pré e pós análise dos perigos em pontos criticos e de controle, utilizou-se o teste “t” de Wilcoxon para amostras pareadas (teste não-paramétrico equivalente ao teste “t” de Student para amostras pareadas) com nível de significância de 0,05. Resultados Antes da análise de perigos e pontos críticos de controle, 92% das temperaturas de armazenamento estavam acima dos valores de refererência vigentes. Após a implantação da análise de perigos e pontos críticos de controle, houve reduções significantes (p<0,05) nas contagens de microrganismos mesófilos totais das dietas II, III e Especial, logo após preparo. Reduções significantes também foram encontradas nas dietas II e III armazenadas sob refrigeração. Não foram encontrados coliformes fecais, Staphylococcus aureus, Bacillus cereus, Clostridium sulfito redutores, Salmonella sp., Yersinia enterocolitica ou Listeria monocytogenes em nenhum dos momentos avaliados. A análise crítica do fluxograma de produção identificou as etapas de aquisição de matéria-prima e de armazenamento sob refrigeração como Pontos Críticos de Controle das dietas produzidas. Conclusão Com a implantação deste sistema na central de produção de alimentação enteral foram realizadas mudanças que contribuíram significativamente na qualidade do produto final, diminuindo riscos de contaminação alimentar.
Abstract Objective This study evaluated microbiological quality and temperature of enteral formulas before and after the implementation of the Hazard Analysis Critical Control Points system at the Central of Enteral Feedings of Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Methods During the period of September 2001 and January 2002, 320 samples of four kinds of enteral feeding identified as diets I, II, III, and Special diet were collected and submitted to temperature and microbiological analysis. Samples were collected weekly in two steps of the flow chart of production: immediately after preparation and after 16 hours of storage at refrigeration. For statistical analysis, the Wilcoxon’s test was used. Results Before Hazard Analysis Critical Control Points system, 92% of the storage temperatures were considered inadequate according to the Brazilian legislation. After Hazard Analysis Critical Control Points system implementation, significant reductions (p<0.05) were observed in the counts of mesophilic microorganisms of diets II, III, and Special diet, immediately after preparation. Significant reductions were also observed in the diets II and III stored at refrigeration. Fecal coliforms, Staphylococcus aureus, Bacillus cereus, Clostridium sp., Salmonella sp., Yersinia enterocolitica or Listeria monocytogenes were not found in any of the analyzed samples. Hazard analysis identified the acquisition of raw materials and refrigerated storage as the Critical Control Points of the produced diets. Conclusion After the implementation of the Hazard Analysis Critical Control Points system at the Center of Enteral Feedings, the quality of the final product increased significantly, reducing the risk of food contamination.
Contido em Revista de nutrição. Campinas. Vol. 20, n. 2(mar./abr. 2007), p. 139-148
Assunto Análise de perigos e pontos críticos
Contaminação de alimentos
Contaminação do alimento
Nutrição enteral
[en] Enteral nutrition
[en] Food contamination
[en] Hazard analysis critical control points system
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/69887
Arquivos Descrição Formato
000596387.pdf (111.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.